13:11 22 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    4114
    Nos siga no

    Os navios de guerra dos EUA são equipados com uma grande quantidade de mísseis cujo custo chega a valores exorbitantes, aponta edição norte-americana The War Zone.

    Washington possui uma Marinha muito grande que custa ao país enormes quantias de dinheiro, escrevem analistas americanos. Segundo eles, as embarcações literalmente transbordam de armamento oneroso.

    Por exemplo, os cruzadores da classe Ticonderoga dispõem de 122 lançadores verticais de mísseis e o preço de suas munições pode ser bastante chocante.

    Os autores do portal coletaram os mais recentes custos por unidade das armas para dar uma noção quão dispendioso é armar a frota norte-americana.

    Convém destacar que estes valores são os preços das armas somente por unidade e os números não incluem as futuras despesas em serviços de apoio, modificações, melhorias ou gastos anteriores no desenvolvimento das armas.

    Lançamento de míssil Standard Missile (SM-3) pelo USS Decatur (DDG 73), um destróier da classe Arleigh Burke equipado com o sistema de combate Aegis e operando no Pacífico, em 22 de junho de 2007
    © AFP 2020 / Marinha dos EUA
    Lançamento de míssil Standard Missile (SM-3) pelo USS Decatur (DDG 73), um destróier da classe Arleigh Burke equipado com o sistema de combate Aegis e operando no Pacífico, em 22 de junho de 2007

    Além disso, os preços por unidade podem variar de ano para ano devido a uma série de fatores, incluindo as economias de escala na colocação de encomendas maiores ou menores.

    Os autores da edição forneceram informações sobre os custos das armas com as quais os navios de guerra americanos estão equipados.

    O míssil mais caro da classe terra-ar é o Standard Missile 3 (SM-3) Block IIA, cujo custo é de US$ 36.387.000 por unidade (R$ 184,285 milhões), o segundo lugar é ocupado pelo Standard Missile 3 (SM-3) Block IB, cada um destes custa US$ 11.830.000 por unidade (cerca de R$ 60 milhões).

    Os mísseis de cruzeiro são também bastante custosos, a munição mais conhecida deste grupo é o Tactical Tomahawk (TACTOM) Block V, cujo modelo padrão é avaliado em US$ 1.537.645 (R$ 7,78 milhões), e o míssil de cruzeiro mais caro é o Naval Strike Missile (NSM), o preço desta arma é de US$ 2.194.000 (R$ 11,11 milhões) cada.

    Anteriormente, informou-se que as autoridades do Japão decidiram adiar o projeto de reequipamento de seus caças F-15 com mísseis de cruzeiro norte-americanos de longo alcance porque o custo do projeto previa a despesa de US$ 205 milhões (cerca de R$ 1,04 bilhão).

    Mais:

    Sétima Frota dos EUA explica violação da fronteira russa pelo destróier John S. McCain
    Submarinos dos EUA poderiam 'caçar' além da área de visibilidade com novos drones de vigilância
    Marinha dos EUA reativará a Frota do Atlântico para conter a Rússia na costa leste
    Tags:
    navio de mísseis, mísseis guiados, Destróier Ariugh Burke, Marinha dos EUA, míssil de cruzeiro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar