06:15 16 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    0242
    Nos siga no

    A China enviou seus dois destróieres Type 052D, que entraram em serviço há poucos meses, para realizar exercícios que prometem elevar suas capacidades de combate.

    Os exercícios foram realizados pela Marinha do Exército de Libertação Popular da China (ELP) no mar Amarelo, contando com a presença dos destróieres Tangshan e Qiqihar, Type 052D, bem como duas corvetas Type 056A, Dingzhou e Mudanjiang, segundo a Televisão Central da China (CCTV, na sigla em inglês), citada pelo jornal Global Times.

    Com o objetivo de elevar suas capacidades, as embarcações treinaram como lidar com situações de emergência, que incluíam o disparo contra alvos, simulação de ataque de mísseis, fogo a bordo e operações de busca e salvamento.

    O destróier Qiqihar, do Type 052D, desloca cerca de 7.000 toneladas e é capaz de carregar uma vasta gama de armamentos, incluindo um sistema de artilharia de canhão único de 130 mm, mísseis antiaéreos e mísseis de cruzeiro superfície-superfície.

    Navios de guerra da Marinha Chinesa
    © AP Photo / Guang Niu, Pool
    Navios de guerra da Marinha Chinesa

    Já o Tangshan, Type 052DL, que é a última versão do Type 052D, é caracterizado por seu extenso convés de helicóptero e um maior radar antifurtivo.

    As corvetas Type 056/056A foram projetadas para operações de patrulha e escolta nas Zona Econômica Exclusiva da China (200 milhas náuticas a partir do litoral do país).

    As corvetas estão divididas em duas categorias. A primeira, Type 056, é destinada para operações multipropósito, enquanto a Type 056A foi projetada para combate contra submarinos.

    Além disso, as corvetas Type 056A possuem lançadores de torpedo triplos de 324 mm.

    Mais:

    Marinha chinesa pode acabar com hegemonia dos EUA no oceano Atlântico, diz mídia
    China acusa EUA de 'criarem caos' na Ásia para não perderem hegemonia na região
    Pentágono divulga dados de supostas atividades das Marinhas russa e chinesa (FOTO)
    Tags:
    China, Marinha, navios, navios de guerra, destróieres
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar