11:32 17 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    2918
    Nos siga no

    O Exército norte-americano está em alerta máximo e reforçando suas posições no Oriente Médio, afirma mídia.

    O Pentágono está observando de perto "os preocupantes indicadores dos potenciais preparativos de ataque" das milícias iranianas no Iraque, disse funcionário militar citado pelo jornal Politico.

    Segundo o meio, os grupos pró-iranianos retomaram recentemente ataques com mísseis na zona.

    Em novembro, os Estados Unidos enviaram bombardeiros B-52H ao Oriente Médio para "dissuadir a agressão" na região. Além disso, o Pentágono transferiu ao golfo Pérsico um grupo de navios de guerra liderado pelo porta-aviões USS Nimitz.

    O Pentágono se preocupa que Teerã possa se aproveitar da transição presidencial e da retirada das tropas norte-americanas do Iraque e Afeganistão, assim como do aniversário do assassinato do líder iraniano Qassem Soleimani por parte dos EUA, salientou a fonte à mídia.

    Ao mesmo tempo, o militar assegurou que os movimentos do Exército "não são de natureza ofensiva". "Não há nenhum plano aqui para atuar, há um plano para ocupar uma forte postura defensiva", salientou.

    A redução de tropas no Iraque e Afeganistão, enquanto isso, não vai afetar negativamente a capacidade do Exército norte-americano para responder a um ataque iraniano, salientou o funcionário, argumentando que a transferência de tropas para fora da região diminui o número de alvos potenciais.

    Soldado dos EUA ao lado das ruínas da base de Ain al-Asad, no Iraque, em 13 de janeiro de 2020
    © AP Photo / Ali Abdul Hassan
    Soldado dos EUA ao lado das ruínas da base de Ain Al-Asad, no Iraque, em 13 de janeiro de 2020

    Em 8 de janeiro de 2020, o Exército iraniano bombardeou com mísseis duas bases usadas por militares dos EUA no Iraque em represália pela morte de Soleimani. O ataque fez mais de uma centena de feridos, baixas que o Pentágono a princípio negou.

    Mais:

    Taiwan poderia resistir à China com bombardeiros norte-americanos B-52?
    Oficial dos EUA: retirada de tropas pode levar a ataques do Irã no Oriente Médio
    Irã: administração Trump falhou e 'países infames' do Oriente Médio 'gastaram sua dignidade e honra'
    Tags:
    Qassem Soleimani, segurança, tropas, EUA, Irã, Oriente Médio, Pentágono
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar