08:04 28 Fevereiro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    0 141
    Nos siga no

    O Exército de Libertação Popular da China (ELP) introduziu o mais novo tipo desenvolvido de um obuseiro baseado em um veículo de assalto leve de maior mobilidade, que pode operar em diversos tipos de terrenos.

    Recentemente, o ELP da China realizou exercícios táticos de fogo real, onde diversos tipos de equipamentos recém-comissionados foram utilizados, segundo a Televisão Central da China (CCTV, na sigla em inglês).

    De acordo a CCTV, citada pelo jornal Global Times, uma as armas utilizadas é justamente o novo obuseiro, que foi baseado do veículo de assalto de tração nas seis rodas Dongfeng Mengshi.

    O novo obuseiro promete ter mais mobilidade, além da capacidade para superar obstáculos no campo de batalha, podendo ser utilizado em diversos tipos de terrenos.

    Comando Militar do Tibete do ELP recebe um lote de veículos Dongfeng Mengshi
    © Foto / Conta do Comando Militar do Tibete do ELP no Sina Weibo
    Comando Militar do Tibete do ELP recebe um lote de veículos Dongfeng Mengshi

    Li Qiuyu, comandante de companhia em uma brigada ligeira do ELP, afirmou que o equipamento pode ser calibrado pressionando apenas um botão, além de contar com recarga semiautomática e capacidade de alterar rapidamente do modo de direção para o modo de disparo.

    Apesar de sua designação não ser revelada, um especialista militar em condição de anonimato afirmou ao Global Times que o obuseiro provavelmente contará com tecnologias semelhantes às dos obuseiros baseados em caminhões.

    Mais:

    China lança ao espaço satélite Gaofen-14 de sensoriamento remoto da Terra (VÍDEO)
    Exército dos EUA busca modernizar drones para usá-los em operações contra Rússia e China, diz portal
    Após novas sanções, Pequim diz que cabe a Washington decidir sobre futuro das relações EUA-China
    Tags:
    equipamentos militares, exercícios militares, obuseiro, canhão, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar