15:56 16 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    4140
    Nos siga no

    A Ucrânia está procedendo a reparos ilegítimos de helicópteros afegãos Mi-17B-5, colocando em perigo as vidas dos militares afegãos e norte-americanos, anunciou à Sputnik o serviço de imprensa da companhia Helicópteros da Rússia.

    "A empresa considera necessário avisar sobre o fato de empresas ucranianas de reparo de aeronaves estarem realizando reparações ilegítimas de helicópteros Mi-17B-5 e, assim, colocarem em perigo sério as vidas dos militares americanos e afegãos que operam estes equipamentos", apontou o serviço.

    A empresa adicionou que dois helicópteros Mi-17B-5 da Força Aérea do Afeganistão foram entregues para reparo às empresas ucranianas Motor Sich e Aviakon.

    A este respeito, a Helicópteros da Rússia declarou que "declina sua responsabilidade pela futura operação segura dos referidos helicópteros e tem todos os fundamentos para descartar o fornecimento de serviços ligados ao acompanhamento da operação".

    O serviço de imprensa da empresa comentou que Motor Sich e Aviakon não podem efetuar reparos regulares de Mi-17B-5, pois não lhes foram fornecidas nem a documentação atualizada sobre o projeto e reparação, nem peças para o helicóptero.

    Além disso, não foram envolvidos representantes do desenvolvedor, Centro Nacional de Construção de Helicópteros Mil e Kamov, e do produtor, Fábrica de Helicópteros de Kazan.

    Em 2014, o Afeganistão recebeu 60 unidades do Mi-17B-5, de acordo com um contrato firmado com a Rússia.

    Mais:

    Mídia revela qual é mais potente: helicóptero Mi-17 russo ou Black Hawk norte-americano
    Índia admite ter derrubado próprio helicóptero Mi-17 ao combater Paquistão
    Índia envia avião An-32 e helicóptero Mi-17 para área perto da fronteira chinesa (VÍDEOS)
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar