19:23 22 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    3540
    Nos siga no

    Empresas russas estão testando dois veículos aéreos não tripulados – a aeronave de reconhecimento Altius-U e o aparelho furtivo Okhotnik (Caçador), de mais de 20 toneladas.

    De acordo com Thomas Newdick, autor de um recente artigo publicado no portal The Drive, a principal função do novo drone pesado de ataque Okhotnik seria, segundo ele, servir de "transportador de armas" para o avião de 5ª geração Su-57, proporcionando ao caça maior capacidade de ataque.

    "O Ministério da Defesa da Rússia tinha anteriormente afirmado que o Okhotnik 'ampliaria a cobertura de radar do [Su-57] e forneceria aquisição de alvos para o emprego de armas lançadas do ar'. Se for verdade, isso indica que o drone poderia ser usado para lançar armas de longo alcance contra alvos aéreos e terrestres ao lado do Su-57, atuando como um 'complemento leal de ala' para o caça. Isso também significaria que o drone pode ser equipado com sensores que lhe permitam detectar, rastrear e atacar alvos aéreos", opina Newdick.

    "Tendo isso em mente, seria também possível para o drone atacar alvos aéreos com as suas próprias armas, porém não é totalmente conhecido o grau de autonomia envolvido neste processo. Entretanto, as capacidades emergentes do Okhotnik de carregar seus próprios mísseis poderiam fazer com que ele no futuro desempenhasse o papel de 'transportador de armas' para o Su-57, reforçando o arsenal disponível do caça e potencialmente mantendo o avião tripulado fora do alcance de caças hostis e outras ameaças," acrescenta o analista.

    Os caças nem sempre voam sozinhos. Cada líder de esquadrilha conta com outras aeronaves, que voam próximo para ajudar a cumprir a missão. Mas vários países já estão pensando em substituí-las por drones.

    Veículo aéreo não tripulado russo Okhotnik (foto de arquivo)
    Veículo aéreo não tripulado russo Okhotnik (foto de arquivo)

    O Okhotnik realizou seu primeiro voo em agosto de 2019. Nos voos posteriores foram avaliadas suas capacidades e principais sistemas.

    O veículo aéreo não tripulado tem 19 metros de comprimento, 14 metros de envergadura, um peso de decolagem de 20 toneladas e pode atingir uma velocidade de aproximadamente 1.000 quilômetros por hora.

    Mais:

    'Geração 5+': reveladas características únicas de motor desenvolvido para caça Su-57 (VÍDEO)
    Argélia é 1º país do continente africano a comprar caças russos de 5ª geração Su-57
    Mídia nomeia 'inimigo' de caças russos de 5ª geração Su-57 na África
    Tags:
    equipamento militar, Rússia, Okhotnik-U, drone, Su-57, caças de quinta geração
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar