13:15 18 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    3490
    Nos siga no

    A corporação russa Rostec desenvolveu munições com inteligência artificial que podem atingir alvos contornando os sistemas radioeletrônicos do adversário, anunciou o diretor industrial da empresa.

    "As munições de nova geração com a função de inteligência artificial são as armas de destruição mais eficazes às condições de combate moderno. Um dos principais objetivos dos desenvolvedores foi tornar o recheio 'inteligente' e invulnerável aos meios de guerra eletrônica", informou Bekkhan Ozdoev, diretor da Rostec, citado pelo serviço de imprensa da corporação.

    Logo da Rostec, durante a apresentação do rebranding da holding Kalashnikov em Moscou
    © Sputnik / Grigory Sysoev
    Logo da Rostec, durante a apresentação do rebranding da holding Kalashnikov em Moscou
    "O novo sistema supera tanto os equivalentes russos como os estrangeiros em relação à proteção das munições contra a ação de interferências, e neutraliza a eficácia dos meios de guerra eletrônica", adicionou o diretor.

    Este desenvolvimento é destinado a ser utilizado nas munições de alta precisão dos sistemas de armas ofensivas e defensivas. A nova munição "inteligente" foi desenvolvida pelo Instituto de Pesquisa Científica de Equipamentos Eletrônicos, que integra a corporação Rostec.

    Mais:

    China revela durante exercícios novo drone de ataque capaz de lançar munições guiadas (FOTOS)
    Tropas dos EUA e Europa vão realizar manobras com munições reais na França (FOTOS)
    Azerbaijão dispara munições de fragmentação israelenses em Nagorno-Karabakh, declara Erevan (FOTOS)
    Tags:
    inteligência artificial, Rússia, Rostec
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar