13:15 18 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    0 50
    Nos siga no

    Militares da Rússia e do Tajiquistão empregaram helicópteros e sistemas de lançamento de foguetes em exercício militar realizado entre os dias 20 e 28 deste mês no Tajiquistão.

    Na ação, os militares de ambos os países tiveram como alvo uma formação de cerca de 1.200 combatentes ilegais armados.

    Durante esta etapa do exercício militar, decorrido no polígono de Kharb-Maidon, no Tajiquistão, os engenheiros militares criaram posições para peças de artilharia, entre elas os lançadores múltiplos de foguetes Grad e Uragan.

    Ao mesmo tempo, uma unidade de guerra eletrônica, com a ajuda de drones Leer-3, enviou mensagens para desmoralização do inimigo, ao passo que recebia coordenadas da posição deste e as repassava para outros militares.

    Além dos Grad e Uragan, o exercício também contou com peças de artilharia autopropulsada Akatsiya, que utilizou a munição Krasnopol.

    Já do ar, helicópteros Mi-24 também se lançaram contra a formação inimiga.

    Mais:

    Seul garante poder 'incapacitar imediatamente' artilharia e mísseis de Pyongyang
    Especialista chinês afirma que Taiwan não é capaz de construir submarinos avançados
    Brasil demonstra interesse em míssil indo-russo BrahMos-NG, segundo mídia
    Tags:
    militares, manobras, simulação, exercício militar, Tajiquistão, Uragan, Grad
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar