11:45 18 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    0351
    Nos siga no

    O colunista Peter Suciu da revista norte-americana The National Interest elogiou as características do avião russo Su-35S denominando-o de "um dos melhores caças do mundo".

    Segundo aponta o especialista, a aeronave não possui tecnologia furtiva, porém é um verdadeiro "assassino".

    O Su-35S é um avião com capacidades altamente melhoradas que pertence à geração 4++, sendo um caça multifuncional altamente manobrável que foi desenvolvido com base em tecnologias de quinta geração, equipado com um aprimorado conjunto de aviônicos e inclui um sistema avançado de controle de informação, novo radar, motores de ignição por plasma de maior capacidade e vetorização de empuxo, relata a revista.

    Os motores cumprem os requisitos para sua instalação em caças de quinta geração, permitindo que a aeronave atinja velocidade supersônica sem utilizar pós-combustão.

    Sendo um avião multifuncional, Su-35S pode ser utilizado em uma variedade de missões e é capaz de atacar alvos tanto terrestres como navais, incluindo infraestruturas protegidas por sistemas de defesa antiaérea, bem como instalações localizadas a uma distância considerável dos aeródromos de baseamento, destaca o artigo.

    Su-35S pode carregar mísseis ar-ar com alcance de até 300 quilômetros. Além disso, o aparelho pode ser armado com míssil de cruzeiro antinavio Oniks, bem como com ampla variedade de armamentos ar-terra.

    Recentemente o Ministério de Defesa da Rússia recebeu os últimos três novos caças Su-35S de acordo com um contrato assinado em 2015, que previa que 50 aeronaves fossem entregues até o final de 2020.

    Mais:

    Por que a China continua comprando Su-35S da Rússia quando tem seus caças de 5ª geração?
    Pode enfrentar qualquer adversário: mídia norte-americana avalia mísseis do caça russo Su-57
    Argélia é 1º país do continente africano a comprar caças russos de 5ª geração Su-57
    Tags:
    caça russo, avião militar, Su-35S, caças de quinta geração, The National Interest, tecnologia militar
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar