07:40 17 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    0 63
    Nos siga no

    A Marinha indiana arrendou dois drones MQ-9B SeaGuardian dos EUA para realizar missões de reconhecimento na região do oceano Índico.

    Capazes de conduzir missões de reconhecimento por mais de 30 horas, os drones são operados a partir da base aérea INS Rajali, da Marinha indiana, segundo o India Today.

    Esta base aérea já conta com uma frota de aeronaves de reconhecimento marítimo de longo alcance, Boeing P-8I Poseidon, da Marinha indiana.

    A Índia arrendou os drones para poder os usar na região do oceano Índico. Desta forma, o país pretende elevar suas capacidades de inteligência, vigilância e reconhecimento, conforme o Hindustan Times.

    Militares norte-americanos prepararam drone MQ-9 para missão na base de Kandahar, Afeganistão (foto de arquivo)
    © REUTERS / Josh Smith
    Militares norte-americanos prepararam drone MQ-9 para missão na base de Kandahar, Afeganistão (foto de arquivo)

    Além dos MQ-9B, a Índia opera um conjunto de drones IAI Heron e IAI Searcher construídos pelos israelenses e especializados em missões de reconhecimento e vigilância.

    Os MQ-9B são capazes de operar a uma altitude de 40.000 pés, contando com uma autonomia de 30 horas e alcance de 9.260 quilômetros.

    Mais:

    China implanta helicópteros autônomos na fronteira com Índia
    Aviação naval da Índia e dos EUA conduzem ataques simulados durante exercícios multilaterais (VÍDEO)
    Índia inicia testes da versão terrestre do míssil de cruzeiro supersônico BrahMos (VÍDEO)
    Tags:
    Índia, Marinha, EUA, veículo aéreo não tripulado, drones, drone
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar