23:45 30 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    115
    Nos siga no

    Os helicópteros MH-60R Seahawk da Marinha dos EUA serão equipados com novos detectores de anomalias magnéticas (MAD, na sigla em inglês) proporcionando-lhes mais uma ferramenta para caçar os submarinos inimigos.

    A empresa militar canadense CAE, contratada pela companhia norte-americana Lockheed Martin, anunciou que os helicópteros MH-60R Seahawk da Marinha dos EUA serão equipados com o sistema de detecção de anomalias de função estendida (MAD-XR).

    "Ao longo dos últimos anos, temos realizado vários testes com a Marinha dos EUA para confirmar as capacidades do sistema MAD-XR no helicóptero MH-60R", disse Thomas Kane, diretor do programa de helicópteros navais da Lockheed Martin.

    Ele notou ainda que "adicionando este [equipamento] ao conjunto de sensores do MH-60R melhorará ainda mais as capacidades do helicóptero de guerra antissubmarino mais avançado do mundo".

    A decisão de adicionar este equipamento aos novos helicópteros é devido ao fato de que a Rússia e China continuam desenvolvendo e lançando novos e mais avançados submarinos e intensificando suas atividades subaquáticas nos oceanos Atlântico e Pacífico, bem como na região do Ártico, aponta The Drive.

    Sistemas MAD usam um magnetômetro para detectar discrepâncias no campo magnético natural da Terra que indicam a presença de um objeto metálico como, por exemplo, um submarino.

    Helicóptero MH-60 Seahawk pousa em porta-avião da Marinha dos EUA (foto de arquivo)
    © AP Photo / Jon Gambrell
    Helicóptero MH-60 Seahawk pousa em porta-avião da Marinha dos EUA (foto de arquivo)

    De acordo com a ficha do produto da empresa canadense, "o alcance do sistema MAD varia, mas geralmente detecta anomalias em aproximadamente 1.200 m [de profundidade]".

    Quando o sistema detecta algo, ele alerta a tripulação da aeronave ou helicóptero fornecendo informações adicionais sobre o contato e sua localização.

    Segundo o portal, nos últimos anos a Marinha dos EUA tem alertado várias vezes sobre as ameaças e desafios colocados pelo aumento da atividade submarina entre potenciais adversários, especialmente a Rússia e China.

    Mais:

    Marinha chinesa conduz exercícios de assalto anfíbio em meio a tensões com Taiwan (VÍDEO)
    Rússia vai considerar crescente militarização da Noruega no planejamento de sua segurança nacional
    Secretário da Marinha dos EUA sugere criar nova frota e implantá-la entre oceanos Índico e Pacífico
    Tags:
    helicópteros, submarinos russos, oceano Atlântico, oceano Ártico, Marinha dos EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar