09:14 28 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    1180
    Nos siga no

    O sistema de lançamento eletromagnético (EMALS, na sigla em inglês) do porta-aviões Type 002 está atualmente em construção e poderia dar ao pesado caça J-15 uma segunda vida na aviação naval.

    Enquanto o primeiro porta-aviões da China com sistema de catapultas está perto de ser finalizado, a Marinha do Exército de Libertação Popular (ELP) está preparando seu caça J-15 para operações no novo projeto de navio de guerra.

    Recentemente, foram publicadas nas redes sociais fotos mostrando um protótipo do J-15 dispondo de um novo equipamento para lançamento de catapultas. A existência deste modelo J-15, que também é chamado de J-15T, não é uma novidade. Entretanto, as fotos compartilhadas sejam talvez as imagens mais claras do novo trem de pouso para catapulta.

    ​Até onde sei, esta é a primeira imagem clara da capacidade do CATOBAR [sistema utilizado para lançamento e decolagem de aeronaves a partir do convés de porta-aviões] do J-15T, mais conhecido pela IMO [Organização Marítima Internacional] como protótipo nº 571.

    Anteriormente, o protótipo do J-15T foi incluído em um relatório chinês. Em abril, a Global Defense Corp notou a letra "T" na cauda da aeronave, que significa "Tanshe" em mandarim e "lançamento de catapulta" na tradução. Contudo, as primeiras fotos reveladas estão granuladas e não fornecem detalhes da parte que poderia mostrar o gancho de reboque que prende o trem de pouso do nariz do avião à catapulta.

    A catapulta eletromagnética substitui o complicado sistema de catapultas movidas a vapor, que necessitava de muitas pessoas para operar, pois seu canhão eletromagnético consome menos recursos e emite mais força para colocar o avião no ar.

    As catapultas dos porta-aviões são utilizadas para dar um impulso extra à aeronave devido à pequena pista de aterrissagem dos porta-aviões, o que não é necessário se a aeronave decola do chão. Anteriormente, esse impulso era produzido por vapor.

    O dispositivo eletromagnético usa um cabo de aço que liga o avião à catapulta e o faz decolar. De acordo com a mídia, o uso desse equipamento foi obtido devido ao sucesso na produção de geradores de energia chineses que permitiram alcançar a potência necessária para usar o dispositivo.

    Mais:

    FBI caça 'espiões militares chineses' nos EUA e Pompeo pede cruzada global contra China
    Após sanções da China contra EUA, caça F-35 seguirá sem materiais de terras raras
    China revela projeto inovador de caça com 2 pilotos (FOTO)
    Tags:
    catapulta, porta-aviões, China, avião de assalto, avião de combate, avião de ataque
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar