02:16 26 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    4341
    Nos siga no

    A nova aeronave híbrida de transporte militar, conhecida como STOUT (Aeronave Utilitária de Transporte com Decolagem Curta) foi apresentada durante o Seminário de Defesa Nacional, promovido pelo Ministério da Defesa.

    A apresentação do conceito de aeronave foi conduzida pelo comandante da Aeronáutica, tenente-brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez, que informou que a aeronave deverá substituir os atuais C-95 Bandeirante e C-97 Brasília.

    Conforme as imagens divulgadas durante o seminário, a aeronave terá asa alta, com fuselagem retangular e rampa traseira.

    Segundo as primeiras informações, o novo avião poderá transportar três toneladas de carga e operar em pistas curtas com menos de 1.000 metros, e terá um alcance de 2.425 quilômetros.

    De acordo com o portal CAVOK, a novo avião será capaz de decolar em pistas curtas e semipreparadas, facilitando a utilização na região amazônica. Além disso, haverá um conceito híbrido, com dois motores turboélices e dois elétricos.

    O projeto da Força Aérea Brasileira (FAB) e Embraer prevê que o avião tenha a capacidade de transportar carga paletizada, 30 soldados equipados, 24 paraquedistas, bem como transportar cargas em geral e realizar missões de evacuação aeromédica.

    Em 2019, foi assinado um memorando inicial de desenvolvimento com a Embraer, que deverá ser a responsável pelo desenvolvimento da nova aeronave.

    Mais:

    Melhores fotos da semana em que 1º caça Gripen é batizado com champanhe no Dia do Aviador
    VÍDEO mostra esquadrões de Super Tucano da FAB durante missão de defesa aérea
    Caça Gripen é 'batizado' e apresentado oficialmente em Brasília (FOTOS)
    Tags:
    Embraer, Força Aérea Brasileira (FAB), avião de transporte, avião militar, avião
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar