18:32 24 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    2261
    Nos siga no

    Um helicóptero com cinco militares norte-americanos, um francês e um tcheco das forças de paz caiu no deserto do Sinai, resultando na morte dos sete pacificadores, segundo a agência AFP.

    Os cinco militares norte-americanos mortos na queda estavam servindo com a força pacificadora no Egito, informa a AFP. 

    De acordo com o canal Sky News Arabia, a aeronave era um helicóptero de reconhecimento, que teria sofrido "falhas técnicas".

    Uma fonte, que pediu anonimato, afirmou que a queda envolveu membros da Força Multinacional de Observadores, que é uma força pacificadora cofundada por Israel em 1979, quando assinou um acordo de paz com o Egito, e não tem ligação com as Nações Unidas.

    Aproximadamente, 450 militares norte-americanos ocupam a região a pedido da Força Multinacional de Observadores, que foi criada após um tratado de paz de 1979.

    Helicóptero dos EUA Black Hawk
    © REUTERS / Ints Kalnins
    Helicóptero dos EUA Black Hawk

    O secretário de Defesa dos EUA, Mark Esper, cogitou retirar as tropas norte-americanas da península do Sinai, contudo oficiais no Departamento de Estado de Israel teriam sido contra a ideia.

    A Força Multinacional de Observadores conta com um contingente de aproximadamente 1.150 militares, incluindo 275 da Colômbia, 55 do Canadá e dezenas da Europa.

    Mais:

    Helicópteros Viper dos fuzileiros dos EUA demonstram capacidades (VÍDEO)
    Surge 1ª FOTO da versão furtiva do helicóptero Black Hawk dos EUA
    Helicóptero do Exército dos EUA cai no norte da Síria, segundo mídia
    Tags:
    queda, helicópteros, helicóptero, Exército, soldados, Sinai, Egito, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar