09:18 28 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    1340
    Nos siga no

    Nas fotos é possível ver três bombardeiros estratégicos russos T-160, Tu-95MS e Tu-22M3 com seu armamento. Como destaca o portal The Drive, até agora houve muito poucas possibilidades de ver estes aviões com sua carga útil potencial.

    As fotos raras foram publicadas no site do Ministério da Defesa da Rússia e tiradas no fim do treinamento anual na base aérea Engels da Força Aeroespacial da Rússia, na região de Saratov. As fotos foram comentadas pelo portal The Drive.

    Bombardeiro russo T-160 com mísseis de cruzeiro subsônicos Kh-55SM e Kh-101/102
    Bombardeiro russo T-160 com mísseis de cruzeiro subsônicos Kh-55SM e Kh-101/102

    A linha de munições mais próxima ao avião Tu-160 é composta de 12 mísseis de cruzeiro subsônicos Kh-55SM, denominados pela OTAN de AS-15 Kent. Os mísseis podem ser complementados por dois tanques de combustível ejetáveis, o que se vê na foto.

    Na segunda linha de munições está uma dúzia de exemplares do míssil de cruzeiro subsônico mais moderno Kh-101/102. Tal como os mísseis Kh-55SM, estes mísseis têm motores turbofan. O alcance máximo que atinge o míssil Kh-101 é de até 5.500 quilômetros.

    O armamento do bombardeiro Tu-160 é transportado no interior, no compartimento de armas duplo. Cada um deles contém um lançador rotativo que pode levar seis mísseis.

    Bombardeiro russo Tu-95MS com mísseis de cruzeiro subsônicos Kh-55SM e Kh-101/102
    Bombardeiro russo Tu-95MS com mísseis de cruzeiro subsônicos Kh-55SM e Kh-101/102

    Bombardeiro Tu-95MS possui a mesma munição do Tu-160. Na foto é possível ver seis mísseis subsônicos Kh-55SM e oito mísseis Kh-101/102. Tu-95MS também tem lançador rotativo, mas como tem apenas um compartimento interno de armas, sua carga útil interna é reduzida até apenas seis mísseis.

    Bombardeiro russo Tu-22M3 com bombas de queda livre FAB-3000
    Bombardeiro russo Tu-22M3 com bombas de queda livre FAB-3000

    Bombardeiro supersônico de médio alcance Tu-22M3 com asas de geometria variável é visto na foto apenas com bombas de queda livre FAB-3000, cada uma pesando 3.000 quilos. Estas bombas são seguidas por bombas de 500 quilos. As bombas adicionais são montadas nos pilones exteriores sob as seções fixas das asas. Os mísseis da aeronave Tu-22M3 não são exibidos.

    Apesar de sua idade, os bombardeiros russos possuem grandes capacidades, concluiu o autor de artigo. Atualmente, cada um dos tipos de bombardeiros está passando por modernização, além disso, a produção de Tu-160 e seus motores exclusivos NK-25 foi retomada.

    Mais:

    Coreia do Sul apresenta novo submarino lançador de mísseis balísticos de 3 mil toneladas (FOTOS)
    Israel receberá 1º navio de guerra com interceptadores de mísseis (FOTO)
    Lockheed Martin desenvolve sistema para transformar aeronaves de carga em bombardeiros
    É muito difícil desviar deles: National Interest avalia mísseis russos Tsirkon lançados de submarino
    FOTO mostra bombardeiro chinês H-6N com 'grande míssil hipersônico'
    Tags:
    treinamento, mísseis, míssil, avião, Defesa, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar