02:20 26 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    0 80
    Nos siga no

    Nesta semana, inspetores militares franceses realizam um voo de observação sobre o território russo no marco do Tratado de Céus Abertos, informou o diretor do Centro Nacional de Redução da Ameaça Nuclear, Sergei Rizhkov.

    "Entre 9 e 13 de novembro, como parte da implementação do Tratado de Céus Abertos, uma missão da França realiza um voo de observação sobre o território da Federação da Rússia a bordo de um avião An-30 a partir do aeródromo de Kubinka", na região de Moscou, indicou Rizhkov.

    Durante a missão, um grupo de militares russos supervisionará o cumprimento estrito do plano de voo e o uso dos equipamentos previsto nos acordos.

     Antonov An-30
    © flickr.com / Dmitry Terekhov
    Antonov An-30

    Os equipamentos de vigilância instalados a bordo do avião de observação An-30 contam com a homologação internacional necessária.

    O Tratado de Céus Abertos foi assinado em 1992 e se tornou uma das medidas de fortalecimento da confiança na Europa após a Guerra Fria. Está em vigor desde 2002 e permite que os 34 países-membros coletem abertamente informações sobre as forças e atividades armadas um do outro, através de voos de reconhecimento sobre os territórios uns dos outros.

    Além disso, o Tratado de Céus Abertos é o mais recente acordo de controle de armas abandonado pelos EUA após acusarem a Rússia de violação dos termos do acordo. 

    Mais:

    Caça russo Su-27 intercepta 2 aeronaves de reconhecimento dos EUA sobre mar Negro (VÍDEO)
    Caça russo Su-27 intercepta aeronaves militares dos EUA no mar Negro
    Caças russos Su-27 interceptam 4 aviões da OTAN em 1 dia
    Tags:
    Rússia, vigilância, sobrevoo, militares, França
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar