18:40 24 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    292
    Nos siga no

    Os sul-coreanos iniciaram o processo de desenvolvimento das principais tecnologias necessárias para construir o primeiro porta-aviões leve do país até 2033.

    De acordo com a agência de notícias Yonhap, os militares seguem pressionando para garantir a construção de um porta-aviões de 40.000 toneladas, que será utilizado para responder a qualquer ameaça contra o país.

    Apesar da opinião dos militares, alguns críticos questionam sua construção devido à relação custo-benefício, já que as tecnologias custarão ao país US$ 1,74 bilhão (R$ 9,79 bilhões), segundo a Administração do Programa de Aquisições de Defesa.

    "Após a requisição ter sido decidida em julho do ano passado, especialistas dos setores público, privado e militar identificaram as principais tecnologias a serem asseguradas, pois, ao contrário de outras embarcações, ele contará com jatos de pouso e decolagem vertical [VTOL]", indica a agência.

    As tecnologias a serem desenvolvidas incluem aquelas que outros países não estão dispostos a transferir, tais como materiais de revestimento para proteger o convés, visto que os jatos VTOL produzem temperaturas superiores a 1.000 graus Celsius.

    A agência sul-coreana pretende concluir o desenvolvimento destas tecnologias até 2024.

    Mais:

    Coreia do Sul acusa Norte de ter matado brutalmente um de seus funcionários desaparecido
    Coreia do Sul pode apresentar em 2021 novo caça furtivo, mais caro que F-35
    Coreia do Sul investirá bilhões para desenvolver drones militares
    Tags:
    Coreia do Sul, tecnologias, tecnologia, porta-aviões, Marinha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar