02:07 26 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    7148
    Nos siga no

    A operação, no valor de US$ 2,3 bilhões (R$ 12,9 bilhões), foi aprovada pelo Departamento de Estado dos EUA.

    O Departamento de Estado dos EUA aprovou a venda de 100 sistemas de defesa costeira Harpoon a Taiwan, no valor de US$ 2,3 bilhões (R$ 12,9 bilhões).

    A administração Trump notificou o Congresso dos EUA que respalda a venda proposta de até 100 sistemas de defesa costeira Harpoon, construídos pela Boeing, incluindo 400 mísseis antinavio.

    "Os EUA mantêm um interesse permanente na paz e estabilidade no estreito de Taiwan e consideram que a segurança de Taiwan é fundamental para a segurança e estabilidade da região do Indo-Pacífico em geral", explica o Departamento de Estado dos EUA em comunicado, citado pelo portal Bloomberg.

    A medida poderia elevar a tensão nas relações entre os EUA e a China. Pequim anunciou nesta segunda-feira (26) sanções contra a Lockheed Martin, Boeing e Raytheon, após o Departamento de Estado aprovar a venda de armas a Taiwan.

    Lançamento de um míssil antinavio estadunidense Harpoon (foto de arquivo)
    Lançamento de um míssil antinavio estadunidense Harpoon (foto de arquivo)

    As novas sanções foram impostas "para defender os interesses nacionais", explicou o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Zhao Lijian.

    Além disso, Pequim reitera que as vendas de armas dos EUA a Taiwan "violam gravemente o princípio de uma só China", além de "comprometerem sua soberania".

    Mais:

    BBC confunde desfile militar da Coreia do Norte com Taiwan
    Taiwan aciona caças após avião chinês entrar na zona de identificação aérea da ilha (FOTOS)
    Navio de guerra do Canadá navega pelo estreito de Taiwan em meio a tensões com China
    Tags:
    Taiwan, eua, sistema de defesa de mísseis, sistema de defesa costeira, sistema de defesa
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar