21:09 03 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    369
    Nos siga no

    A Marinha dos EUA vai implantar mísseis hipersônicos em suas frotas de submarinos nucleares de ataque da classe Virgínia, bem como em seus três navios classe Zumwalt e nos mais de 60 destróieres DDG51.

    A informação foi concedida nesta quarta-feira (21) pelo assessor de Segurança Nacional da Casa Branca, Robert O'Brien, citado pelo portal Defense News. 

    "O programa de ataque convencional imediato da Marinha fornecerá capacidade de mísseis hipersônicos para atingir alvos a longas distâncias. Esta capacidade será implantada primeiramente nos nossos mais novos submarinos da classe Virginia e destróieres da classe Zumwalt. Mais tarde, todas as três séries de destróieres da classe Arleigh Burke possuirão esta capacidade", afirmou.

    Contudo, o atual projeto para o primeiro míssil hipersônico guiado da Marinha dos EUA o tornará grande demais para ser instalado nos lançadores de mísseis do sistema Aegis, atualmente usado em todos os navios da classe Arleigh Burge.

    Navio USS Zumwalt da Marinha dos EUA transita a estação naval de Mayport em seu caminho para o porto de Jacksonville, Flórida (foto de arquivo)
    © AFP 2020 / PO2 Timothy SCHUMAKER / US NAVY
    Navio USS Zumwalt da Marinha dos EUA transita a estação naval de Mayport em seu caminho para o porto de Jacksonville, Flórida (foto de arquivo)

    O trabalho de converter a frota para transportar os novos mísseis envolverá todas as capacidades dos estaleiros dos EUA por anos.

    O almirante Michael Gilday, chefe de Operações Navais, afirmou que estava tentando elevar o poder de fogo e letalidade da atual frota de navios de superfície.

    Mais:

    Marinha dos EUA considera construção de embarcação anfíbia de novo tipo para fuzileiros
    Marinha dos EUA solicita cerca de US$ 600 milhões para desenvolver frota de navios não tripulados
    Lockheed Martin afirma estar trabalhando em projeto de navio não tripulado da Marinha dos EUA
    Tags:
    destróieres, submarinos, EUA, mísseis supersônicos, mísseis guiados, mísseis
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar