01:52 26 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    5146
    Nos siga no

    O USS Zumwalt (DDG-1000) disparou seu primeiro míssil durante testes do sistema de armas ao longo da Califórnia.

    De acordo com o relatório da Marinha dos EUA, a embarcação utilizou seu sistema de lançamento vertical MK 57 para lançar um míssil SM-2 e testar seu alcance.

    "O teste bem-sucedido de hoje demonstrou não apenas a capacidade do navio de disparar mísseis e efetuar a autodefesa, mas é também um passo significativo em direção a operações mais avançadas do sistema de combate do navio de guerra tecnologicamente mais inovador de nossa Marinha", afirmou o capitão Matt Schroeder.

    Segundo Schroeder, a tripulação do destróier e o Esquadrão 1 de Desenvolvimento de Superfície estão trabalhando juntos para aprimorar as capacidades operacionais da embarcação.

    A Marinha encomendou seu segundo navio da classe Zumwalt, o USS Michael Monsoor, em janeiro de 2019. O último navio da classe, o USS Lyndon B. Johnson, deverá ser encomendado em 2021.

    Inicialmente, a Marinha planejava adquirir 28 destes moderníssimos destróieres, mas, devido ao preço alto, esse número foi reduzido para sete. No total, acabaram por ser compradas três unidades.

    Com um deslocamento de 14.798 toneladas e 180 metros de comprimento, estes navios podem alcançar a velocidade máxima de 55 km/hora.

    Cada embarcação está armada com 20 lançadores Mk 57 VLS para 80 mísseis, dois canhões antiaéreos de 155 milímetros de calibre e dois canhões Mk 110 de 57 milímetros.

    Os Zumwalt carregam a bordo dois helicópteros navais Sikorsky SH-60 Seahawk e três drones de reconhecimento e apoio aéreo MQ-8 Fire Scout.

    Mais:

    Lockheed Martin afirma estar trabalhando em projeto de navio não tripulado da Marinha dos EUA
    Marinha dos EUA solicita cerca de US$ 600 milhões para desenvolver frota de navios não tripulados
    Marinha dos EUA considera construção de embarcação anfíbia de novo tipo para fuzileiros
    Tags:
    testes de mísseis, testes, míssil, Marinha dos EUA, Marinha, destróier
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar