04:01 20 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    297
    Nos siga no

    A China detectou 60 aeronaves de reconhecimento dos EUA próximo de suas fronteiras marítimas em setembro, sendo que diversas delas partiram da base norte-americana em Guam, enquanto outras usavam códigos falsos da aviação civil.

    Ao menos 60 aeronaves norte-americanas conduziram voos de reconhecimento aéreo próximo das fronteiras chinesas em setembro, segundo dados divulgados pelo jornal South China Morning Post.

    Destas aeronaves, 41 sobrevoaram o mar do Sul da China, seis foram avistadas no mar da China Oriental e as 13 restantes cumpriram missões de reconhecimento sobre o mar Amarelo, segundo a SCSPI (Iniciativa de Sondagem Estratégica do Mar do Sul da China, na sigla em inglês).

    Esta foto sem data da Força Aérea dos EUA mostra um avião espião U-2 que deve ser usado pelos EUA na guerra contra o terrorismo.
    © AFP 2020 / US AIR FORCE
    Esta foto sem data da Força Aérea dos EUA mostra um avião espião U-2 que deve ser usado pelos EUA na guerra contra o terrorismo.

    A SCSPI indicou que as atividades de reabastecimento aéreo sugerem que Washington estaria se preparando para realizar ataques aéreos contra alvos no mar do Sul da China a partir de bases distantes, já que diversos aviões partiram da base norte-americana em Guam.

    De acordo com informações, é "pouco frequente" que os EUA enviem aviões de reabastecimento a partir de bases distantes, pois estas operações não fazem muito sentido quando tem a base aérea de Okinawa, que está mais próxima.

    A SCSPI destacou o perigo das atividades de espionagem encobertas, quando seis aviões norte-americanos RC-135S usaram códigos falsos para se fazerem passar por aviões civis.

    Mais:

    EUA dobraram missões de reconhecimento no mar do Sul da China, afirma think tank
    Atividade de Washington no mar do Sul da China cria risco para aviação, avaliam especialistas
    Pequim constrói rede de vigilância no mar do Sul da China, diz Forbes
    Tags:
    China, aeronaves, avião espião, espionagem, Marinha dos EUA, Marinha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar