04:30 20 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    0 64
    Nos siga no

    A empresa Bell anunciou o início da montagem do protótipo do helicóptero de reconhecimento e ataque 360 Invictus.

    A empresa norte-americana Bell começará nesta semana a construção de um protótipo de seu helicóptero 360 Invictus, informou o portal de defesa Jane.

    O equipamento está sendo desenvolvido para o programa Future Attack Reconnaissance Aircraft (FARA) do Exército dos EUA, segundo um dirigente da empresa.

    De acordo com Chris Gehler, vice-presidente da Bell e diretor de programas, a empresa já começou a construir as caixas de câmbio, peças do rotor e estrutura de fuselagem para o novo helicóptero.

    Além disso, está prestes a começar a fabricar as pás do rotor da aeronave e já iniciou a fabricação das extensões das pás do rotor principal.

    O helicóptero Bell 360 Invictus chamou a atenção por ter se tornado um dos finalistas, junto com o Sikorsky Raider-X da Boeing, na seleção para desenvolver um novo helicóptero de combate para o Exército norte-americano.

    A empresa deverá montar o helicóptero até o terceiro trimestre de 2022. O primeiro voo estaria planejado para o quarto trimestre do mesmo ano.

    O projeto foi iniciado em 2018, com o objetivo de desenvolver um sucessor para o helicóptero de reconhecimento Kiowa Bell OH-58.

    Segundo fontes, o novo helicóptero possui uma cabine em tandem de dois lugares, com dispositivos de observação ótica e por laser. O aparelho tem um sistema de artilharia automática de 20 milímetros e um compartimento interno para diversos tipos de mísseis. Sua velocidade de cruzeiro atinge 330 quilômetros por hora.

    Mais:

    Força Aérea e Marinha dos EUA conduzem exercícios conjuntos no mar Negro (VÍDEO)
    Força Aérea dos EUA prepara teste de nova tecnologia de bombas em rede
    Forças Aérea e Espacial dos EUA reveem estratégica para o Ártico
    Tags:
    Bell, eua, aeronaves, aeronave, helicóptero, helicópteros
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar