05:57 25 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    377
    Nos siga no

    O Ministério da Defesa do Japão planeja implantar caças furtivos F-35A de última geração em diversas bases aéreas além de Misawa.

    Em seu orçamento para o exercício fiscal de 2021, o ministério solicitou R$ 2,1 bilhões para adquirir quatro caças F-35A no ano fiscal de 2025, segundo a agência Jiji Press.

    Atualmente, a base de Misawa abriga 17 aeronaves F-35A, que passarão a ser 20 até o próximo ano.

    O Japão planeja adquirir um total de 147 caças F-35 dos EUA, dos quais 105 deverão ser do modelo F-35A.

    Fotografia de aeronave F-35A durante testes de lançamentos de bombas na Califórnia, EUA
    Fotografia de aeronave F-35A durante testes de lançamentos de bombas na Califórnia, EUA

    Está previsto que estes aviões substituam os F-15 que não podem ser modernizados, incluindo os que estão na base de Hokkaido.

    Os outros 42 serão caças F-35B de decolagem curta e pouso vertical, que deverão equipar os futuros porta-aviões, os primeiros que o Japão terá após a Segunda Guerra Mundial.

    No dia 9 de abril de 2019, um dos caças F-35A da base de Misawa sofreu um acidente ao norte da ilha de Honshu, que foi o primeiro acidente deste modelo, projetado pela Lockheed Martin.

    Mais:

    Pentágono decide o que fazer com F-35 produzidos inicialmente para Turquia
    Com cada vez menos encomendas nos EUA, caças F-35 estabilizarão preço
    Coreia do Sul revela projeto de novo porta-aviões adaptado para caças F-35 (FOTO)
    Tags:
    avião de assalto, avião de combate, avião de ataque, caça, Japão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar