18:57 27 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    4313
    Nos siga no

    Os EUA testaram os robôs LIDAR durante exercícios no polígono de Yuma, no Arizona.

    De acordo com o portal Breaking Defense, o objetivo dos exercícios era eliminar um tanque russo T-72.

    Para isso, os norte-americanos utilizaram os robôs, dotados de pequenos drones, que identificaram o tanque T-72 usando o algoritmo de reconhecimento automático do alvo ATR, que conta com uma base de dados com mais de três milhões e meio de fotos de equipamentos militares.

    ​O que é o Projeto Convergência? O Projeto Convergência é uma iniciativa multiplataforma desenvolvida para ajudar rapidamente o Exército a operar ao longo dos domínios terrestre, aéreo, marítimo, espacial e ciberespacial.

    A inteligência artificial do equipamento norte-americano carregou os dados do alvo, concluindo que suas armas não tinham alcance suficiente para atingir o tanque. Por conta disso, o robô pediu apoio de artilharia após confirmação pelo operador.

    Anteriormente, o portal norte-americano informou que o Exército dos EUA reduziu em até 20 segundos o tempo para acionamento de sistemas de artilharia devido à suposta ameaça russa e chinesa.

    Mais:

    Exército dos EUA realiza exercícios simulando 'batalha contra Rússia e China', aponta portal (VÍDEO)
    'Menos de 20 segundos': Exército dos EUA reduz significativamente o tempo necessário para um ataque
    Exército dos EUA atribui contrato de pesquisa para que drones usem qualquer tipo de combustível
    Tags:
    Exército, EUA, veículos militares, veículos blindados, tanques, tanque, robô
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar