01:04 22 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    0 23
    Nos siga no

    A Força Aérea dos EUA atribuiu um contrato de cerca de US$ 40 milhões (R$ 225 milhões) à empresa Parsons para produzir veículos terrestres que podem eliminar minas ou munições não detonadas em aeródromos por meio de laser.

    O contrato engloba a aquisição de 13 veículos RADBO e três suplentes. O sistema é fabricado na base do veículo blindado de combate Cougar, da arma a laser ZEUS de três quilowatts e de um "braço" montado que pode retirar do caminho escombros e outro tipo de objetos.

    O veículo RADBO tem como objetivo eliminar ameaças de atuais e futuros aeródromos. Este complexo é o primeiro sistema a laser terrestre a ser encomendado pelo Departamento de Defesa dos EUA para produção completa. A conclusão do projeto é prevista para setembro de 2023, revela portal Defense News. 

    A empresa Parsons diz que a arma a laser ZEUS consegue atingir alvos "a mais de 300 metros de distância do veículo e possui potência suficiente para detonar pequenas submunições das bombas de fragmentação, minas terrestres, bombas de propósito geral e munições de artilharia de revestimento espesso", lê-se em comunicado.

    Mais:

    Laser da Lockheed Martin integrado em avião derruba míssil à 'velocidade de um raio' (VÍDEO)
    Exército indiano pretende equipar drones israelenses com mísseis e bombas guiadas a laser
    EUA pretendem dotar aviões de combate da Força Aérea com sistema a laser para derrubar mísseis
    Tags:
    Força Aérea dos EUA, armas laser, veículos militares, EUA, veículo blindado
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar