03:58 20 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    164
    Nos siga no

    Espera-se que este equipamento, que usa o chamado "transporte em cativeiro", reduza os custos de operação das missões efetuadas pelos veículos aéreos não tripulados.

    A empresa norte-americana General Atomics Aeronautical Systems (GA-ASI) realizou uma série de testes de voo do sistema de transporte Sparrowhawk, em que uma pequena aeronave não tripulada é transportada por outro drone, um MQ-9, podendo ser lançada e recuperada no ar.

    De acordo com o comunicado da empresa, durante os ensaios, que ocorreram nos dias 16 e17 de setembro, foram testadas as capacidades de resistência ao estresse durante o voo do sistema aerotransportado de lançamento e recuperação do drone.

    A aeronave faz parte do programa Gremlins da Agência de Projetos de Pesquisa Avançada de Defesa (DARPA, na sigla em inglês), dependente do Departamento de Defesa norte-americano, o qual busca promover a recuperação aérea de pequenos drones.

    A GA-ASI assegurou que o novo sistema reduzirá o custo de operação e permitirá novas capacidades durante as missões efetuadas por veículos aéreos não tripulados.

    O Sparrowhawk "mudará as regras do jogo", assegurou o presidente da empresa.

    Por sua vez, o Laboratório de Pesquisa do Exército dos EUA, outorgou à Universidade de Illinois um contrato para desenvolver um novo motor para os veículos aéreos de combate não tripulados MQ-1C Gray Eagle, produzidos pela General Atomics, capaz de funcionar com qualquer combustível.

    Mais:

    EUA reinterpretam acordo internacional para promover venda de seus drones
    Drones dos EUA são avistados patrulhando sudeste de Taiwan
    Drone RQ-170 dos EUA é flagrado durante pouso incomum na Califórnia (FOTOS)
    Tags:
    EUA, veículo aéreo não tripulado, drones, drones, drone
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar