20:39 05 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    4390
    Nos siga no

    Um caça Su-27 foi acionado nesta quinta-feira (24) após militares russos detectarem um bombardeiro B-52H dos EUA se aproximando da fronteira russa, informa o Ministério da Defesa da Rússia.

    "Em 24 de setembro, os dispositivos de controle do espaço aéreo russo detectaram sobre o território da Polônia um bombardeiro estratégico B-52H da Força Aérea dos EUA se aproximando da fronteira da Federação da Rússia", lê-se em comunicado.

    A fim de evitar a violação do espaço aéreo russo pela aeronave da Força Aérea dos EUA, foi acionado um caça Su-27 das forças de defesa aérea do Distrito Militar Ocidental, indica o comunicado.

    Um B-52H Stratofortress do 419º Esquadrão de Testes de Voo decola da Base Aérea de Edwards, Califórnia
    © Foto / Matthew Williams
    Um B-52H Stratofortress do 419º Esquadrão de Testes de Voo decola da Base Aérea de Edwards, Califórnia
    "O caça realizou o patrulhamento aéreo ao longo da fronteira e, após o avião militar americano se afastar, regressou ao aeródromo", acrescenta a nota.

    Todo o voo do caça russo Su-27 foi realizado em estrita conformidade com as regras internacionais de uso do espaço aéreo, não tendo sido permitida qualquer violação das fronteiras russas pelo avião dos EUA.

    No início deste mês, dois bombardeiros estratégicos americanos Boeing B-52H capazes de carregar e lançar armas atômicas, sobrevoaram uma área a apenas 25 km da península russa da Crimeia.

    Mais:

    Tempestades impedem caças F-35 holandeses de escoltar bombardeiros dos EUA
    Bombardeiros estratégicos Tu-22M3 conduzem lançamentos táticos de mísseis na Rússia (VÍDEO)
    OTAN simula com frequência ataques aéreos contra a Rússia, diz ministro da Defesa
    Tags:
    Força Aérea dos EUA, fronteiras russas, caça russo, bombardeiro estratégico, B-52H, Polônia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar