05:12 25 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    1410
    Nos siga no

    Fuzileiros dos EUA estão se movendo rapidamente para colocar em campo uma classe de veículos anfíbios leves, porém, questões permanecem em aberto.

    O objetivo é que a embarcação tenha um projeto comercial ou adapte um já existente para que seja capaz de acomodar até 40 marinheiros e pelo menos 75 fuzileiros, além de transportar equipamentos dos fuzileiros dos EUA por até 3.500 milhas náuticas (5.632 quilômetros), revela uma apresentação citada pelo portal Defense News.

    A ideia do navio surgiu em 2019, com a chegada do general David Berger como comandante do Corpo de Fuzileiros Navais. Sua orientação planejada previa uma força anfíbia menor e mais ágil para operar no mar do Sul da China.

    "Vejo que a eficácia deste [navio anfíbio leve] é realmente nos ajudar nas fases e estágios onde estamos agora", afirmou o major-general Tracy King. "Precisamos começar a fazer as coisas de forma diferente, como uma extensão da frota, sob os olhos vigilantes da nossa Marinha [...]"

    "Precisamos construir um navio acessível que possa possuir a capacidade de realizar campanhas marítimas nos litorais", acrescentou o militar.

    A Marinha norte-americana divulgou que deseja que o valor por unidade se situe abaixo de US$ 100 milhões (R$ 542,8 milhões), com as primeiras entregas em 2022.

    Contudo, analistas consultados pelo portal concordaram que a Marinha provavelmente busca incluir mais sistemas na plataforma do veículo anfíbio, tornando-o mais complexo e caro.

    Outro desafio adicional é onde serão as bases das embarcações, uma vez que provavelmente elas não serão construídas com os mesmos padrões usados pela Marinha, para permanecerem em serviço por 30-40 anos. A vida útil mínima do novo navio será de 10 anos, segundo a apresentação.

    Sistema de Armas a Laser (LaWS) é testado a bordo do navio anfíbio USS Ponce em uma demonstração operacional durante sua implantação no golfo do México
    © REUTERS / John Williams/ Marinha dos EUA
    Sistema de Armas a Laser (LaWS) é testado a bordo do navio anfíbio USS Ponce em uma demonstração operacional durante sua implantação no golfo do México

    Jerry Hendrix, capitão aposentado da Marinha e analista do Telemus Group, acredita que os fuzileiros estão interessados em avançar rápido para colocar algo em campo, parcialmente para garantir que a transição para uma força mais leve e melhor distribuída será realizada.

    Mais:

    Ao menos 1 fuzileiro naval morre e 8 estão desaparecidos durante exercícios na costa da Califórnia
    Marinha dos EUA solicita cerca de US$ 600 milhões para desenvolver frota de navios não tripulados
    FOTO mostraria construção rápida de 3º navio anfíbio da China
    Tags:
    fuzileiros navais, navio, embarcação, EUA, Marinha, Defesa
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar