19:14 27 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    6213
    Nos siga no

    Caças da Força Aérea Real (RAF, na sigla em inglês) e navios da Marinha do Reino Unido aumentaram significativamente patrulhas perto das fronteiras russas para identificar "vulnerabilidades" da defesa da Rússia.

    Desde a última semana de agosto, em direção às fronteiras russas nas regiões do mar Negro e península de Kola (Extremo Norte da Rússia), foram enviadas ao menos 28 aeronaves da RAF, com participação de até aeronaves em voos, revela o jornal The Times.

    Nas missões participaram caças Typhoon, avião de reabastecimento Voyager e aeronaves de reconhecimento Sentinel, RC-135 e Sentry E-3 AWACS.

    Anteriormente, o mesmo jornal noticiou voos de Typhoon sobre a Ucrânia, ressaltando que "fontes militares e dados de sites de rastreamento de aeronaves confirmaram que desde então patrulhas no mar Negro aumentaram".

    Avião Bombardier Global Express Sentinel R.1 da Força Aérea Real do Reino Unido
    Avião Bombardier Global Express Sentinel R.1 da Força Aérea Real do Reino Unido

    Destaca-se ainda que caças Typhoon foram enviados pela primeira vez ao Círculo Ártico para condução de patrulhas perto de Murmansk, onde estão localizadas as principais bases de submarinos russos.

    Um alto funcionário da inteligência britânica afirmou ao jornal que as informações coletadas nestas missões ajudarão os especialistas do Ministério da Defesa britânico a "identificar e tirar partido das vulnerabilidades dos nossos adversários".

    Anteriormente, o chefe do Departamento Operacional do Estado-Maior das Forças Armadas da Rússia, Sergei Rudskoi, informou que voos de aeronaves estrangeiras de reconhecimento na região do mar Negro tiveram um aumento de 40% em comparação com o ano passado.

    Mais:

    Força Aérea britânica é acusada de 'desperdiçar' dinheiro com 'antiquados' caças F-35
    Caças britânicos Typhoon interceptam avião russo Il-20 sobre mar Báltico, diz Força Aérea Real
    Atividades de aviões espiões estrangeiros sobre o mar Negro aumentaram 40% em 2020, afirma Rússia
    Tags:
    Reino Unido, Eurofighter Typhoon, Mar Negro, fronteiras russas, RAF, voo de reconhecimento
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar