05:25 29 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    3440
    Nos siga no

    O Exército de Libertação Popular (ELP) deve receber um novo lote de helicópteros de assalto russos Mi-171Sh.

    Fotos captadas a partir de imagens divulgadas por uma emissora chinesa foram compartilhadas nas redes sociais mostrando um ou mais helicópteros Mi-171Sh pintados de cinza e com insígnias do ELP.

    As insígnias e o esquema de cores das aeronaves indicam que serão usadas em apoio às forças de operações especiais do ELP ou em missões de busca e salvamento em combate.

    De acordo com um blog militar chinês, citado pelo portal The Drive, o ELP teria encomendado um novo lote de helicópteros Mi-171Sh, com sensor eletro-óptico, blindagem e sistemas de contramedidas.

    Apesar de haver a suspeita de que as aeronaves sejam para a Marinha da China, especialistas acreditam que os helicópteros possam ser integrados em uma unidade especial, ou até mesmo usados em missões na fronteira com a Índia.

    ​A China adquiriu um lote de helicópteros Mi-171Sh da Planta de Aviação de Ulan-Ude na Rússia.

    Além disso, o helicóptero pode ser utilizado em missões críticas, pois as aeronaves russas são superiores às chinesas, possuindo uma fuselagem adequada para estes tipos de missões, cita a mídia norte-americana. 

    A família de helicópteros Mi-17 é a mais importante do ELP, onde entrou em serviço em 1991, quando substituiu os helicópteros Sikorsky S-70.

    Versão modernizada do Mi-17

    O Mi-171Sh é a última versão modernizada do Mi-17, que entrou em serviço no Exército da União Soviética na década de 1970 e que também teve uma versão armada semelhante ao helicóptero dos EUA Bell UH-1 Iroquois.

    O helicóptero russo pode operar em quaisquer condições meteorológicas, tanto de dia como de noite, e apresenta um rotor principal de cinco pás e um trem de pouso triciclo não retrátil.

    A cabine de pilotagem com telas digitais tem lugar para três tripulantes, enquanto a cabine principal pode abrigar até 36 soldados ou até 12 feridos transportados em macas. A blindagem foi desenvolvida para dotar a cabine da tripulação e as unidades vitais de uma maior capacidade de sobrevivência em combate.

    Mais:

    Militares russos mostram em ação fuzis Kord para aniquilar drones e helicópteros à distância (VÍDEO)
    'Tanque voador': National Interest avalia capacidades de combate do helicóptero russo Ka-50
    Helicóptero militar russo Mi-8 cai em cidade próxima a Moscou e 3 pessoas morrem
    Tags:
    equipamento militar, China, Rússia, Mi-171SH, helicópteros, helicóptero
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar