05:20 26 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    41010
    Nos siga no

    O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, aceitou os planos dos EUA de vender armas avançadas aos Emirados Árabes apesar das objeções expressas publicamente.

    "O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, aceitou um plano da administração Trump para vender armas avançadas aos Emirados Árabes Unidos, apesar de antes ter dito que se opunha a esse acordo", disse o jornal New York Times, citando fontes familiarizadas com o assunto.

    Os Emirados Árabes Unidos confirmaram em 20 de agosto que pretendem comprar caças F-35 dos EUA, mas que ainda não tomaram uma decisão definitiva a respeito, segundo salientou Trump.

    Contudo, Israel expressou ser contrário à venda, ainda que tenha assinado o histórico acordo de paz com a nação árabe em 13 de agosto.

    Assessor da Casa Branca, Jared Kushner (centro), durante reunião entre altos funcionários dos Emirados Árabes Unidos (EAU) e Israel, celebrada em Abu Dhabi (EAU), 31 de agosto de 2020
    © REUTERS / Ministério de Assuntos Presidenciais EAU
    Assessor da Casa Branca, Jared Kushner (centro), durante reunião entre altos funcionários dos Emirados Árabes Unidos (EAU) e Israel, celebrada em Abu Dhabi (EAU), 31 de agosto de 2020
    De fato, em 18 de agosto, a administração Netanyahu deixou claro que seu país se opõe à venda de armas modernas a qualquer país do Oriente Médio, "incluindo aos países árabes que mantêm relações pacíficas com o Estado de Israel".

    Fontes consultadas pelo jornal norte-americano afirmam que estas declarações de Netanyahu são "falsas", e que o primeiro-ministro israelense foi definitivamente convencido após uma reunião com o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, ocorrida em Jerusalém em 24 de agosto.

    O New York Times salienta que o futuro acordo de venda entre os EUA e os Emirados Árabes inclui não somente caças F-35, mas também drones de combate Reaper e o avião de guerra eletrônica EA-18G Growler.

    Mais:

    Histórico: 1º voo direto entre Israel e Emirados Árabes Unidos pousa em Abu Dhabi
    Próximo caça chinês pode ser um 'super F-35', segundo mídia
    Grécia e Emirados Árabes respondem à 'ameaça' turca no Mediterrâneo Oriental
    Tags:
    armas, Israel, Emirados Árabes, EUA, aeronave, caça, F-35
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar