07:14 28 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    2330
    Nos siga no

    Um avião das Forças Armadas da Noruega, país-membro da OTAN, foi interceptado por um caça russo MiG-31 na região do mar de Barents, informa a Defesa russa.

    De acordo com o Ministério da Defesa da Rússia, a interceptação se deu perto da fronteira da Rússia.

    Após a detecção da aeronave da OTAN, um caça russo MiG-31 foi ao seu encontro.

    "Em 3 de setembro os meios de controle aéreo russo detectaram, sobre as águas neutras do mar de Barents, um objeto voador se aproximando das fronteiras da Rússia", informou a Defesa do país.

    A tripulação do caça russo identificou a aeronave como sendo um avião de patrulha P-3C Orion da Noruega.

    "Depois de a aeronave norueguesa se desviar das fronteiras da Rússia, o caça russo voltou ao seu aeródromo base", acrescentou.

    Durante a operação de interceptação, a aeronave russa seguiu os protocolos e leis internacionais sobre o uso do espaço aéreo, enquanto o avião da OTAN não violou as fronteiras da Rússia, acrescentou o ministério.

    Aproximações frequentes

    Os voos de aeronaves de países da OTAN próximo às fronteiras da Rússia são frequentes, especialmente nas regiões dos mares Negro e Báltico.

    Nesses casos, os sistemas de defesa russos acionam caças para a identificação das aeronaves, enquanto radares acompanham o seu movimento a partir do solo.

    Além de aviões de inteligência, também são reportados voos de drones militares próximo do território do país.

    Mais:

    Caça MiG-31 lança míssil hipersônico Kinzhal durante exercício no mar Negro (VÍDEOS)
    Caça russo MiG-31 intercepta avião de reconhecimento norueguês no mar de Barents
    Chancelaria da Noruega decide expulsar diplomata russo
    Tags:
    Rússia, MiG-31, OTAN, Mar de Barents
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar