12:38 05 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    2131
    Nos siga no

    O Reino Unido estaria considerando a possibilidade de desistir de modernizar tanques com o intuito de investir em outras áreas das Forças Armadas, informa o jornal Times.

    De acordo com informações do jornal britânico, o governo do país estuda esta possibilidade devido aos crescentes custos de modernização dos tanques Challenger 2 e veículos de combate Warrior das Forças Armadas do Reino Unido, que foram considerados obsoletos em 2019.

    O Ministério da Defesa britânico considera que a mudança das estratégias militares aumenta a necessidade de investimentos em capacidades de ciberguerra, guerra espacial e outras tecnologias avançadas.

    O Times divulga que a discussão sobre desistência dos tanques é parte de uma revisão geral do governo, relacionada com questões de política externa, defesa e segurança, que deve ser concluída em novembro.

    "Entretanto, ficando a possibilidade de modernizar o Challenger 2 ou comprar da Alemanha o tanque Leopard 2, o Reino Unido já está indagando a opinião dos parceiros da OTAN quanto à possibilidade de descartar veículos blindados pesados e rever sua contribuição militar à Aliança", escreve o jornal.

    Em conformidade com a nova proposta, o país europeu se concentraria na liderança em aviação de assalto e proporia a seus aliados 50 helicópteros Apache e outros modelos.

    Mais:

    Supermáquinas: tanque Armata e caça Su-57 têm pilotagem automática testada
    Tanques de Israel atingem alvos do Hamas em Gaza, dizem as FDI
    Novo canhão da OTAN conseguiria perfurar tanque russo mais avançado?
    Tags:
    Ministério da Defesa do Reino Unido, orçamento militar, Reino Unido, tanque, militar
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar