05:43 23 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    9842
    Nos siga no

    H. I. Sutton, que escreveu o artigo, considera que a modernização em curso do cruzador de mísseis nuclear, construído durante a Guerra Fria, poderia o tornar mais potente do mundo.

    O cruzador de mísseis nuclear pesado Admiral Nakhimov, da classe 1144.2 Orlan, o navio de guerra mais poderoso da Marinha da Rússia, se tornará ainda mais poderoso devido à modernização e ao rearmamento, de acordo com a revista Forbes.

    O autor do artigo, H. I. Sutton, enfatiza que o navio, que se encontra em processo de modernização, é comparável em tamanho aos encouraçados dos EUA da classe Iowa, mas é significativamente superior a eles "em armamento e conceito".

    "Com as mais novas armas e sensores, ele provavelmente se tornará o navio de guerra de superfície mais poderoso do mundo", afirma o jornalista.

    Como o especialista salientou, os cruzadores gigantes da classe 1144.2 Orlan, construídos no final da Guerra Fria, eclipsam qualquer navio de guerra de superfície. Segundo ele, o navio está armado com "assassinos de porta-aviões", os mísseis supersônicos P-700. Além disso, o arsenal do navio inclui sistemas de defesa antiaérea S-300 e mísseis 9K33.

    Armamento

    Espera-se que o Admiral Nakhimov modernizado seja armado com o míssil antinavio hipersônico Tsirkon. "É uma arma ultramoderna que está se tornando um sistema prioritário para a Marinha russa em ressurgimento", descreve Sutton.

    Ao mesmo tempo, ele observa que o Tsirkon é menor que o P-700, o que significa que o navio pode transportar mais mísseis hipersônicos.

    O autor observa que não se sabe se o navio modernizado transportará o míssil de cruzeiro Kalibr de ataque terrestre ou o míssil Oniks antinavio e de ataque terrestre. "Mas como às vezes são carregados em intercâmbio com o Tsirkon, esta é uma possibilidade distinta." Isto daria ao Admiral Nakhimov uma maior capacidade de ataque terrestre do que a de seu navio-irmão Pyotr Velikiy.

    Há indícios de que o Admiral Nakhimov poderá ser lançado muito em breve, diz H.I. Sutton.

    Mais:

    'Navio mais poderoso da Rússia': Admiral Nakhimov é 'potente ameaça', segundo mídia americana
    Reis blindados dos mares: os navios mais poderosos do século ХХ
    Revista americana inclui cruzador russo na lista de navios 'mais mortíferos do mundo'
    Tags:
    S-300, Forbes, Admiral Nakhimov
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar