20:32 25 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    2260
    Nos siga no

    Dotados de lança-granadas e metralhadoras, estes veículos autônomos são projetados para defender as instalações contra comandos especiais inimigos.

    As Forças de Mísseis Estratégicos da Rússia iniciaram o equipamento de suas unidades com sistemas de segurança robóticos, disse o coronel-general Sergei Karakaev, em uma entrevista ao jornal militar russo Krasnaya Zvezda.

    Estes robôs e outros sistemas de segurança automáticos já protegem a divisão de mísseis estratégicos terrestres RS-24 Yars, próximo da cidade de Kozelsk, na parte ocidental do país.

    Robô de combate Uran-9
    © Sputnik / Valery Melnikov
    Robô de combate Uran-9

    "O trabalho de introdução do sistema continua na divisão de mísseis Yasnenskaya [13ª divisão de mísseis, localizada próximo de Yasny, na região de Oremburgo]", declarou o comandante.

    Em 2016, o Ministério da Defesa russo anunciou o sucesso dos testes destes robôs de combate, dotados de lança-granadas e metralhadoras, projetados para defender as instalações militares de comandos especiais inimigos.

    O sistema é capaz de abrir fogo em 360 graus e pode ser controlado remotamente de uma distância de aproximadamente 400 metros.

    Mais:

    'Cegar aviões de vigilância': reveladas capacidades de novo sistema de guerra eletrônica russo
    Sistemas de defesa antiaérea russa repelem ataques à base de Hmeymim na Síria
    'Incute terror': avançado sistema de defesa antiaérea russo S-500 é avaliado pela mídia
    Tags:
    sistema de defesa, Rússia, equipamentos militares, equipamentos robóticos, equipamento militar
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar