07:29 28 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    12616
    Nos siga no

    No final de julho, o Ministério da Defesa da Polônia afirmou que seu país e os EUA definiram um acordo de cooperação militar que destinaria mil militares norte-americanos adicionais ao país europeu.

    Os EUA e a Polônia assinaram um acordo de cooperação militar que fortalecerá a presença do país norte-americano na Europa Oriental.

    O documento foi assinado pelo secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, e pelo ministro da Defesa polonês, Mariusz Blaszak, em Varsóvia neste sábado (15).

    O acordo foi assinado no seguimento da declaração dos líderes de ambos os países, Andrzej Duda e Donald Trump, que buscam o fortalecimento da presença militar norte-americana na Polônia.

    Soldados poloneses e norte-americanos durante exercícios conjuntos Anakonda 16 perto de Torun, Polônia, junho de 2016
    © REUTERS / Kacper Pempel
    Soldados poloneses e norte-americanos durante exercícios conjuntos Anakonda 16 perto de Torun, Polônia, junho de 2016

    Em 31 de julho, o Ministério da Defesa da Polônia informou que Washington e Varsóvia "acordaram politicamente" uma cooperação militar que levaria mil militares norte-americanos adicionais a serem enviados ao país da Europa Oriental. Atualmente, os EUA já possuem cinco mil soldados em território polonês.

    O anúncio foi feito logo após o Pentágono afirmar que parte dos 11.900 militares que deixam a Alemanha estavam sendo transferidos para a Itália, Polônia e países bálticos. O ministro da Defesa polonês não especificou se algum contingente adicional dos EUA seria realocado da Alemanha. Contudo, confirmou que seria permanente.

    Donald Trump ordenou uma redução do número de tropas destacadas na Alemanha após criticar Berlim por não cumprir suas obrigações orçamentárias com a OTAN.

    Mais:

    Centenas de pessoas se reúnem na capital da Polônia em solidariedade à oposição bielorrussa
    Berlim busca novo critério para avaliar comprometimento com OTAN
    Rússia responderá a eventual implantação de armas nucleares dos EUA na Polônia, diz diplomata
    Tags:
    Alemanha, Europa, soldados, EUA, tropas, Polônia, defesa
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar