18:45 26 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    1372
    Nos siga no

    A indústria de defesa iraniana desenvolveu toda uma família de drones de reconhecimento e de ataque, bem como novos mísseis que podem ser integrados a estes equipamentos.

    Um exemplo é o míssil Akhgar da classe ar-terra. Até o momento, poucas de suas características técnicas eram conhecidas.

    Segundo o portal Geopolitics, o projétil tem uma ogiva de aproximadamente sete quilos e um micromotor que permite alcançar uma velocidade de até 600 quilômetros por hora. Além disso, conta com um sistema de orientação baseado no princípio "disparar e esquecer", tendo um alcance de 30 quilômetros.

    Suas principais desvantagens são o localizador ótico, que funciona apenas durante o dia, e a margem de erro do míssil, que é de um metro.

    O míssil foi apresentado durante uma exposição realizada em 2018, tendo sua produção em série começado em março de 2019. Até o momento, não se sabe em que armamentos o projétil será utilizado, porém é possível que seja instalado no drone Kaman-12.

    Este drone, que já é produzido em série, pode voar a 200 quilômetros por hora, além de ter um alcance de até 1.000 quilômetros e de poder transportar até 100 quilogramas de carga útil.

    Mais:

    Armas inteligentes e precisas: Irã está pronto para guerra do futuro, diz comandante
    Irã afirma ter 'cidades de mísseis' ao longo da costa do golfo Pérsico e de Omã
    Forças Terrestres do Irã estão 'perto' de receber míssil com 100 km de alcance
    Tags:
    Irã, munição, projétil, míssil, drones, drone
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar