09:39 10 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    288
    Nos siga no

    Governo americano reinterpreta o Regime de Controle de Tecnologia de Mísseis, que busca limitar a proliferação de armas, inclusive drones, para ajudar indústria nacional de defesa.

    O anúncio da reinterpretação do acordo foi feito pela Casa Branca, que esclareceu que o presidente Donald Trump pretende promover a exportação de sistemas aéreos não-tripulados (UAS, na sigla em inglês).

    Embora tenha reconhecido a importância do Regime de Controle de Tecnologia de Mísseis (MTCR, na sigla em inglês), o governo americano o classificou de "obsoleto".

    "Enquanto o MTCR é fundamental para diminuir a proliferação [de armas] e promover a paz e segurança, é em muito necessária sua modernização em relação aos UAS", publicou a Casa Branca em nota.

    O acordo, além de estabelecer regras sobre a exportação de mísseis, traz também consigo limitações no comércio de drones para fins militares.

    "Além de estes padrões obsoletos [do MTCR] darem uma vantagem injusta aos países fora do MTCR e ferirem a indústria dos EUA, eles também impedem nossa capacidade de dissuasão no exterior ao pôr em desvantagem nossos parceiros e aliados com tecnologia inferior", acrescenta a nota.

    Desta forma, com as novas regras, as aeronaves não tripuladas que voam a velocidades abaixo de 800 km/h, incluindo o drone Reaper da General Atomics e a aeronave de inteligência Global Hawk da Northrop Grumman, serão reclassificados para categoria UAS I, o que facilitará sua venda.

    Estabelecido em 1987 entre os EUA, Canadá, França, Itália, Alemanha, Japão, Reino Unido e, atualmente, outras dezenas de países, o MTCR constitui-se como um regime cujos membros participam de forma voluntária para tratar do controle de exportações de materiais e tecnologias destinados à produção de mísseis.

    Mais:

    Rússia desenvolve complexo de alta mobilidade para interceptar drones
    Saída dos EUA do Tratado INF foi planejada com antecedência, diz Ministério da Defesa russo
    Israel desenvolve sistema de inteligência artificial contra operadores de drones
    Tags:
    indústria militar, MQ-9 Reaper, EUA, drones
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar