05:42 26 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    6372
    Nos siga no

    A Marinha da China poderia estar construindo um navio de assalto anfíbio com uma catapulta eletromagnética de aeronaves e equipamento de frenagem.

    Em um pedido de propostas publicado no domingo (19) e posteriormente vazado no Twitter por uma conta de rede social, um projeto de porta-aviões da China é referido apenas como Projeto XX6, mas observadores têm chamado o navio de Type 076.

    "O pedido de proposta relativa ao projeto de LHD [doca de pouso de helicóptero] 076 mostra que apresenta VANT [veículos aéreos não tripulados], EMALS [sistema eletromagnético de lançamento de aeronaves], AAG [equipamento de captura avançado], IEP [propulsão elétrica integrada], elevador de 30 toneladas, motor de turbina a gás de 21 megawatts", diz o usuário.

    A julgar por alguns dos detalhes incluídos no pedido, o Type 076 será muito parecido com os navios LHD Type 075, dos quais a China já construiu dois. O Type 075 é uma espécie de navio de assalto anfíbio, que combina um convés de voo para helicópteros e aviões de decolagem e pouso verticais com docas para embarcações anfíbias para transportar fuzileiros a terra.

    No entanto, este novo tipo de LHD teria inclusive um sistema EMALS no convés de voo para o lançamento de aeronaves de asas fixas, bem como cabos de parada associados para quando eles pousarem novamente. Nenhum navio de guerra alguma vez utilizou esta configuração.

    Os rumores de tal projeto de navio de guerra começaram a circular nos círculos militares on-line no início desta semana. O consenso geral parece ser que o Type 076 não deverá ser muito maior que o Type 075, usará seu sistema de catapulta para lançar drones de combate em vez de jatos tripulados e é em geral uma adaptação ao fato de o PLA da China não ter um equivalente ao avião F-35B.

    A Marinha dos EUA e marinhas de vários aliados de Washington fazem uso das capacidades de decolagem curta e aterrissagem vertical do F-35B, permitindo que o jato furtivo voe a partir de porta-helicópteros.

    Acredita-se que os próximos porta-aviões da frota chinesa, os navios da classe Type 002 agora em construção, vão possuir catapultas EMALS, que até agora só foram utilizadas nos porta-aviões da classe Ford da Marinha dos EUA.

    Escolha do drone naval da China

    O PLA tem vários drones entre os quais escolher, incluindo o VANT GJ-11 (Gongji-11), que entrou em serviço no final de 2019, e vários novos tipos de drones helicópteros.

    Tyler Rogoway, editor do The Drive, disse no ano passado que o uso pela China de aviões de inteligência furtivos baseados em porta-aviões para expandir drasticamente a eficácia de seu arsenal de mísseis de longo alcance "faz todo o sentido".

    "A eliminação de suas capacidades de transporte de armas provavelmente seria necessária para os lançar de forma confiável dos porta-aviões chineses equipados com rampa de esqui que não se beneficiam da ajuda de uma catapulta."

    "Uma configuração sem um compartimento de armas permitiria aos projetistas adaptar o peso, sensores e carga de combustível da aeronave às limitações da rampa de esqui", escreveu Rogoway em setembro de 2019, observando que seria "muito mais impactante" como um observador desarmado do que como uma aeronave de ataque.

    Aqui está uma vista lateral do drone furtivo Espada Afiada [GJ-11], que se espera ser lançado desde o porta-aviões da China. [O drone] tem sido objeto de muita especulação por algum tempo, por isso é ótimo ver mais imagens dele.

    Embora o GJ-11 ainda possa ser usado pelo Type 076 nessa capacidade, a catapulta EMALS do navio traz à tona a questão de um GJ-11 armado. Acredita-se que o GJ-11 tenha dois compartimentos de armas capazes de carregar um total de 2 toneladas de bombas ou mísseis e um alcance estimado de 4.000 quilômetros.

    Mais:

    Porta-aviões avançados chineses entram em fase final de montagem (FOTOS)
    Caça de nova geração da China deve fazer voo inaugural em 2021, segundo relatos
    Exército chinês revela arma eletromagnética portátil capaz de perfurar aço (VÍDEO)
    Tags:
    The Global Times, The Drive, F-35B, EUA, Marinha dos EUA, Marinha da China, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar