09:14 10 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    4202
    Nos siga no

    Um tanque M1A2 Abrams disparou acidentalmente um projétil contra outro tanque durante treinamento nesta segunda-feira (20), deixando pelo menos uma pessoa gravemente ferida.

    O acidente ocorreu durante manobras noturnas realizadas em 20 de julho, quando a tripulação confundiu seus colegas com um alvo de treino em pleno movimento. Em seguida, o operador de armas disparou um projétil de treinamento M1002 de 120 mm de calibre.

    ​M1A2 contra M1A2 – fogo amigo

    Em 20 de julho de 2020, o comandante do tanque disparou um M1002 a 2.600 metros em outro M1 Abrams, confundindo-o com um alvo. Este é o resultado do incidente.

    Apesar de não levar uma carga explosiva e de o disparo ter ocorrido a uma grande distância, as consequências foram graves. O projétil atingiu a parte superior da torre e causou uma explosão com estilhaços, ferindo gravemente um dos presentes.

    Os estilhaços penetraram o peito da vítima, afetando seriamente um dos pulmões. Outro militar perdeu vários dedos da mão esquerda. Nas fotos, é possível observar que o impacto do disparo também danificou o visor térmico panorâmico da torre superior do tanque.

    Infelizmente, quando se trata de armas, mesmo pensadas para treinamentos, os erros podem ter custos enormes, tanto no aspecto humano como econômico.

    Mais:

    Tanques M1 Abrams americanos são mostrados em VÍDEO disparando no leste europeu
    VÍDEO mostra manobras impressionantes de pilotos militares russos vistas da cabine dos caças Sukhoi
    Estados Unidos querem enviar tanques Abrams para região petrolífera na Síria, relata mídia
    Tags:
    manobra, acidente, M1 Abrams, tanque, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar