03:19 27 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    5431
    Nos siga no

    O terceiro e o quarto porta-aviões da Marinha do Exército de Libertação Popular (PLAN, na sigla em inglês) estão sendo montados simultaneamente, segundo relatos e fotos publicados nas redes sociais.

    Estima-se que as embarcações sejam dotadas de catapultas eletromagnéticas, assim como tem o mais novo porta-aviões da Marinha norte-americana, tornando estas embarcações ainda mais perigosas.

    Fotos publicadas nas redes sociais chinesas mostram a montagem de dois navios de guerra no estaleiro Jiangnan, nas proximidades de Xangai, onde estão sendo construídos os próximos dois porta-aviões da PLAN.

    ​Outra pequena atualização do porta-aviões Type 003 que atualmente está sendo construído no estaleiro Jiangnan em Xangai.

    Fontes anônimas afirmaram ao South China Morning Post (SCMP) que estes são os dois primeiros porta-aviões Type 002. O primeiro deles deve ser concluído no próximo ano.

    "A montagem do novo porta-aviões foi iniciada e deve ser concluída no primeiro semestre do próximo ano, pois teve sua produção desacelerada por conta da pandemia de COVID-19 [...] Ambos os porta-aviões são construídos pelo estaleiro Jiangnan", afirmou a fonte ao SCMP.

    Nas fotos, é possível observar diversas partes dos navios, montadas separadamente, prontas para serem instaladas.

    Recentemente, observadores notaram a chegada de "megamódulos" que transportam as peças pré-montadas para a nova área do estaleiro.

    ​O terceiro e quarto porta-aviões da China entraram na fase final de montagem em Xangai (foto do Weibo).

    "A construção do segundo Type 002 será mais rápida que a do primeiro, pois os trabalhadores aprenderam e superaram muitos problemas na construção anterior", afirmou outra fonte ao SCMP.

    De acordo com as fontes, o trabalho no primeiro Type 002 começou em 2015, enquanto o segundo foi iniciado em 2018.

    O Centro de Estudos Estratégicos e Internacionais (CSIS), em Washington, estima que o deslocamento das embarcações seja de aproximadamente 80.000 toneladas cada, com boca de 40 metros na linha d'água.

    ​A China intensifica a construção naval com mais dois porta-aviões. A China pretende igualar a força naval dos EUA no Pacífico, seu primeiro porta-aviões desenvolvido pelo país. Embarcações do Type 002, com sistema eletromagnético avançado para lançamento de aeronaves, permitindo decolagens mais rápidas e frequentes.

    Além disso, acredita-se que o design do Type 002 seja diferente do Shandong, chamado de Type 001a antes de ser comissionado.

    O grande avanço relacionado aos novos navios é eles possuírem catapultas eletromagnéticas, ao invés do sistema de "rampa de esqui" usado pelo Liaoning e Shandong.

    Pequim planeja contar com seis porta-aviões até 2035, organizados em três frotas que devem cobrir os mares Amarelo, da China Oriental e do Sul da China.

    Mais:

    Dois porta-aviões dos EUA conduzem exercícios navais no Pacífico em meio a tensões com China (VÍDEO)
    China pode se opor ao envio de porta-aviões dos EUA conduzindo exercícios no Pacífico, diz analista
    Pequim ameaça EUA com contramedidas após envio de 3 porta-aviões americanos ao mar do Sul da China
    Tags:
    equipamento militar, embarcação, porta-aviões, Marinha chinesa, Marinha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar