03:59 04 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    2291
    Nos siga no

    O navio norte-americano entrou nas águas do mar Negro para participar de exercícios conjuntos com a Ucrânia.

    As forças da Frota do Mar Negro da Rússia estão rastreando as ações do destróier de mísseis guiados USS Porter da Marinha dos EUA, que neste domingo (19) entrou nas águas do mar Negro, segundo Centro Nacional de Gerenciamento de Defesa da Rússia.

    A presença do navio norte-americano no mar Negro estaria ligada aos exercícios Sea Breeze 2020, durante os quais serão realizadas manobras conjuntas com a Ucrânia entre 20 e 26 de julho.

    Admiral Golovko da frota russa do mar Negro
    © Sputnik / Igor Mikhalev
    Admiral Golovko da frota russa do mar Negro

    Estima-se que aproximadamente dois mil militares, 27 navios e 19 aeronaves de um total de nove países participarão das manobras, incluindo o Japão e a Coreia do Sul.

    A Sexta Frota dos EUA confirmou que o destróier iniciou a navegação no mar Negro "para melhorar a estabilidade regional". Desde o começo do ano, esta é a quinta embarcação do país que entra no mar Negro.

    Mais:

    Seria pesadelo: Marinha dos EUA teme que todos os navios russos ganhem mísseis supersônicos
    Marinha russa ganha boias que 'escondem' submarinos
    Marinha da Rússia irá receber 5 submarinos em 2020, afirma ministro da Defesa
    Tags:
    navios, destróier, Mar Negro, EUA, Rússia, Marinha dos EUA, Marinha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar