13:04 27 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    81728
    Nos siga no

    Dois porta-aviões norte-americanos, escoltados por navios de apoio, vão realizar exercícios militares no mar do Sul da China a partir desta sexta-feira (17), anunciou a Marinha dos EUA.

    Esta é a segunda vez em menos de 15 dias que os porta-aviões da Marinha norte-americana USS Ronald Reagan e USS Nimitz realizam exercícios de grande escala no mar do Sul da China.

    O contra-almirante Jim Kirk, que comanda o Grupo de Ataque do USS Nimitz, garante que os porta-aviões estão operando onde o direito internacional permite "para reforçar nosso compromisso com um Indo-Pacífico livre e aberto, uma ordem internacional baseada em regras e com nossos aliados e parceiros na região".

    O porta-aviões USS Nimitz transita pelo estreito de Balabac em 15 de julho de 2020
    O porta-aviões USS Nimitz transita pelo estreito de Balabac em 15 de julho de 2020

    "Segurança e estabilidade são essenciais para a paz e a prosperidade para todas as nações e é por esse motivo que a Marinha dos EUA está presente e pronta no Pacífico há mais de 75 anos", afirma Kirk na nota.

    Tensão nas relações EUA-China

    Embora a Marinha dos EUA tenha indicado que a presença dos porta-aviões não seja uma resposta a eventos políticos, há meses as relações de Washington e Pequim têm piorado em várias áreas, especialmente na disputa por territórios no mar do Sul da China.

    Como agravante, o anúncio dos exercícios militares ocorre logo depois de o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, declarar que "as coisas mudaram dramaticamente" nessa região. Pompeo garantiu que os Estados Unidos usarão "todas as ferramentas disponíveis" para apoiar os países da região que acreditam que tiveram sua soberania violada pela China.

    Mais:

    Pequim reage à fala de Pompeo e pede que os EUA não se intrometam no mar do Sul da China
    Filipinas dizem apoiar fortemente posicionamento dos EUA sobre mar do Sul da China
    Mar do Sul da China pode se transformar em ponto de ruptura e levar a confronto sino-americano?
    Tags:
    Mar do Sul da China, porta-aviões, Marinha dos EUA, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar