03:24 05 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    2270
    Nos siga no

    O Ministério da Defesa da Rússia firmou um contrato para a fabricação em série do fuzil de assalto A-545 para o Exército do país, que competirá com o AK-12 do consórcio Kalashnikov.

    A fabricação começou na fábrica Degtyaryov. Assim como o AK-12, a arma foi criada para fazer parte do equipamento Ratnik de proteção individual de nova geração, segundo fonte do complexo militar-industrial da Rússia.

    AK-15 and AK-12
    © Sputnik / Vasily Raksha
    AK-15 and AK-12

    Anteriormente, o Ministério da Defesa havia informado que, até o final de 2020, as tropas aerotransportadoras receberiam estes fuzis de assalto, destacando que haveria uma introdução em massa dos rifles de precisão SV-98 e VSSM, bem como dos fuzis silenciosos ASM Val.

    O A-545, baseado no conhecido AEK-971, possui um calibre de 5,45 milímetros, projetado para ser facilmente personalizado, razão pela qual seria uma boa escolha para as forças especiais e unidades de reconhecimento.

    Mais:

    Exportações de armas da Rússia superam US$ 15 bilhões em 2019
    Como Rússia poderia ampliar a parceria técnico-militar com Brasil?
    BRICS pode fornecer treinamento e drones para missões de paz, diz embaixador
    Tags:
    Ministério da Defesa (Rússia), equipamento militar, equipamentos militares, fuzil de assalto, fuzil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar