14:23 02 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    6475
    Nos siga no

    O general Ali Koohestani, diretor da Organização Jihad do Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica, comentou à agência de notícias Tasnim os diversos novos sistemas de armas para a infantaria iraniana.

    Dentre as novas armas, está o lançador de foguetes leve e descartável produzido com materiais compostos, que possui um míssil de calibre de 80 milímetros com motor de foguete. Seu alcance é de aproximadamente 250 metros, sendo ideal contra fortificações.

    Outro projeto é um canhão sem recuo portátil, chamado Nafez-2, bem como um sistema antiblindagem de 19 quilos, que pode ser usado contra posições inimigas.

    Koohestani também apresentou o Ashtar, um fuzil de precisão leve de 7,62x64 milímetros de calibre, com alcance de até um quilômetro e alcance ótico de 24x.

    ​O IRGC do Irã apresentou três novos equipamentos militares de fabricação própria, como parte dos esforços para elevar a defesa do país.

    Além disso, o Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica (IRGC, na sigla em inglês) deve receber "sistemas surpreendentes" para expandir suas capacidades.

    ​Fotos das três novas armas reveladas pelas Forças Terrestres do IRGC hoje: dois lançadores de foguetes (Al-Qaria e Nafez-2) e um fuzil (Ashtar).

    "As forças terrestres colocaram a surpresa tecnológica na agenda e veremos a chegada de sistemas surpreendentes em breve", afirmou Hossein Salami, major-general e chefe do IRGC.

    O major-general aproveitou o momento para comentar o sucesso e avanço do Irã no desenvolvimento e fabricação de armas.

    "Hoje, não somos dependentes de estrangeiros para nenhum dos sistemas de armas. Chegamos ao nível de autossuficiência e independência", explicou Salami.

    Não está claro em que estágio de desenvolvimento estão as armas ou se já foram entregues.

    O artigo da Tasnim surgiu um dia após o IRGC revelar outras armas, incluindo um novo veículo blindado, drone e metralhadora pesada sobre um caminhão.

    Além de alcançar a autossuficiência e independência, o Irã passou a gastar apenas uma fração do que seus adversários regionais e os EUA gastam com a defesa.

    Mais:

    Estabelecer presença em águas distantes: Irã está criando nova base no oceano Índico
    Congressistas do Irã defendem rejeição de pedido de inspeções adicionais em instalações nucleares
    É 'ridículo' acusar Irã de apoiar Haftar na Líbia, diz ex-ministro da Defesa iraniano
    Tags:
    Irã, equipamento militar, armas, arma, míssil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar