22:21 11 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    31513
    Nos siga no

    O avião furtivo de última geração Modelo 401, desenvolvido pela Scaled Composites, subsidiária da Northrop Grumman, realizou seu primeiro voo em 2017.

    A aeronave Modelo 401, com "estranhas marcas" em sua fuselagem, realizou novo voo de teste no início desta semana, segundo o editor Tylor Rogoway da Warzone.

    Em um artigo publicado pelo jornal Verge na quinta-feira (18), Rogoway afirmou que a "misteriosa" aeronave sobrevoou o deserto de Mojave, no sudoeste dos EUA, escoltada por um caça F-15D.

    O autor destacou o "novo revestimento cinza [...] experimental do Modelo 401 e as grandes formas descoloridas em forma de diamante abaixo da cabine e na parte inferior da cauda".

    "Não sabemos ao certo para que servem exatamente estas marcas, mas parece que os Modelos 401 podem estar participando de um teste relacionado com suas assinaturas, que podem incluir radar, eletrônica, infravermelho e visual", observou.

    De acordo com Rogoway, o sobrevoo do deserto de Mojave pelo Modelo 401 pode ser visto como uma espécie de teste de revestimento realizado em meio aos esforços para reduzir a assinatura infravermelha da aeronave, que está "se tornando cada vez mais importante à medida em que os sistemas de busca e rastreamento por infravermelho estão elevando suas capacidades e representam uma ameaça real para as aeronaves furtivas".

    ​Scaled Composites LLC. Scaled Composites Modelo 401 (aeronave experimental). Avistada no leste de Bakersfield.

    Ele também sugeriu que o último teste de voo da aeronave faria parte dos esforços dos EUA em "provar" o desenvolvimento de drones, incluindo o drone de combate Loyal Wingman da Boeing.

    "Parece estar claro que, seja qual for o programa em andamento envolvendo estes pequenos jatos furtivos, ele é complexo e exige uma grande diversidade de ativos e muitos voos de teste", concluiu.

    Logo depois de o Modelo 401 realizar seu voo inaugural em outubro de 2017, a Scaled Composites afirmou que a empresa havia construído duas aeronaves para "demonstrar [suas] técnicas de fabricação avançadas e de baixo custo e fornecer aeronaves para serviços de voos de pesquisa às industrias parceiras e ao governo dos EUA".

    Mais:

    Míssil cai de avião da Força Aérea dos EUA e é destruído durante teste hipersônico
    Novo drone da Força Aérea dos EUA poderá voar e combater de forma autônoma, revela mídia
    Força Aérea dos EUA busca alterar radicalmente projeto de futuro caça de 6ª geração
    Tags:
    EUA, avião de combate, avião de assalto, avião de ataque, avião militar
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar