05:44 04 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    9215
    Nos siga no

    Nesta quarta-feira (17), Paris acusou a Marinha turca de comportamento agressivo em relação a uma embarcação francesa em missão da OTAN ao largo da Líbia.

    A OTAN não pode "ter uma política de avestruz e fingir que não há um problema" diante das ações da Turquia, em especial na Líbia, assim como na questão dos curdos, declarou nesta quarta-feira (17) um responsável do Ministério da Defesa da França, revela o jornal Ouest France.

    "Sabemos que houve passos complicados na Aliança, mas existem meios para os superar, não podemos ter uma política de avestruz e fingir que não há um problema turco na OTAN no momento. Você tem que vê-lo, nomeá-lo e tratá-lo", disse o responsável.

    De acordo com a fonte do jornal, a Marinha turca teve um comportamento agressivo em relação a uma embarcação francesa em missão da OTAN.

    Contudo, um representante da Turquia negou a acusação, afirmando que "nada disso" teria ocorrido, revela a agência Reuters.

    A Turquia, que apoia o governo internacionalmente reconhecido de Trípoli, tem assegurado uma presença militar cada vez maior em território líbio.

    Mais:

    Por que manobras da OTAN se aproximam cada vez mais das fronteiras russas?
    Turquia lança nova operação contra curdos no norte do Iraque (VÍDEO, FOTOS)
    'Abaixe o tom': mensagem de França e Alemanha para Trump durante a cúpula da OTAN
    Tags:
    embarcação, OTAN, Líbia, Marinha, Defesa, Turquia, França
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar