23:24 29 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    338
    Nos siga no

    A Lockheed Martin ganhou um contrato do Exército norte-americano no valor de mais de US$ 1 bilhão (cerca de R$ 4,97 bilhões) para produzir radares de interceptação de mísseis para sete nações aliadas dos Estados Unidos.

    Os radares de rastreamento Phased Array servem para interceptar mísseis Target Advanced Capability-3, conforme detalhou o Departamento de Defesa dos EUA em um comunicado à imprensa nesta quarta-feira (10).

    "A Lockheed Martin Corporation [de] Grand Prairie, Texas, recebeu um contrato de modificação de US$ 1.042.250.000 [cerca de R$ 4,97 bilhões] para [...] todos os esforços técnicos, de planejamento, gerenciamento, fabricação e testes para produzir o Radar de Rastreamento Phased Array para interceptar mísseis Target Advanced Capability-3", disse o comunicado.

    O Departamento de Defesa disse que os mísseis serão enviados sob o programa de vendas militares estrangeiras ao Bahrein, Alemanha, Polônia, Qatar, Romênia, Coreia do Sul e Emirados Árabes Unidos.

    Conforme define o contrato, a fabricação será realizada em Huntsville, Alabama; Camden, Arkansas; Chelmsford, Massachusetts; Grand Prairie, Texas; e Lufkin, Texas, com data estimada para conclusão em 31 de outubro de 2024, acrescentou o Departamento de Defesa dos EUA.

    Mais:

    EUA formalizam plano para desenvolver frota militar de segurança polar
    Força Aérea dos EUA busca alterar radicalmente projeto de futuro caça de 6ª geração
    Irã aguarda que Rússia e China resistam ao plano dos EUA de embargo de armas, diz Rouhani
    Tags:
    Bahrein, Emirados Árabes Unidos, Catar, Coreia do Sul, Romênia, Polônia, Alemanha, Departamento de Defesa dos EUA, Lockheed Martin
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar