01:28 15 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    3710
    Nos siga no

    Ao longo das próximas semanas, a Força Aérea dos EUA irá finalizar um estudo comercial para o ambicioso projeto de um caça de última geração.

    A Força Aérea norte-americana deseja mudar radicalmente seu programa de desenvolvimento de um futuro caça – conhecido como Domínio Aéreo de Última Geração (NGAD, na sigla em inglês) – para um modelo que Will Roper, diretor executivo para aquisições do ramo, qualifica como "Série do Século Digital", revela a publicação Defense News.

    Este modelo usaria novas técnicas de desenvolvimento como engenharia digital, arquitetura aberta e avanços nas técnicas de desenvolvimento de software, como a DevSecOps, para obter aeronaves avançadas mais depressa e com menores custos.

    Agora, o plano está quase pronto, afirmou Roper nesta terça-feira (9) em um evento organizado pelo Instituto Mitchell para Estudos Aeroespaciais. "Eu espero ter o plano de aquisição para o NGAD estreando na Série do Século Digital neste verão", afirmou.

    A Força Aérea solicitou US$ 1 bilhão (R$ 4,9 bilhões) para o programa no ano fiscal de 2021, enquanto recebeu US$ 905 milhões (R$ 4,4 bilhões) no ano anterior. Contudo, é possível que futuros aumentos orçamentários sejam necessários.

    Neste verão, cabe ao Congresso dos EUA aprovar ou não o orçamento demandado pela Força Aérea para seguir o desenvolvimento deste programa experimental.

    Mais:

    Irã pode revelar novo caça 'em um futuro próximo' em meio às sanções dos EUA
    Força Aérea dos EUA planeja comprar 8 protótipos de mísseis hipersônicos que custam US$ 1,1 bilhão
    Novo drone da Força Aérea dos EUA poderá voar e combater de forma autônoma, revela mídia
    Tags:
    Congresso dos EUA, Força Aérea dos EUA, EUA, caça, aeronave, defesa
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar