04:33 02 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    71612
    Nos siga no

    Um jornalista aeroespacial descobriu algumas imagens publicadas na conta do Flickr do secretário do Exército dos EUA, Ryan McCarthy, que revelam um sistema secreto de armas hipersônicas, bem como informações relevantes sobre a arma Vintage Racer do Pentágono.

    McCarthy enviou algumas fotos, em outubro do ano passado, da convenção da Associação do Exército dos EUA, encontro que ocorre anualmente e é denominado como o "maior fórum de exposição de poder terrestre e desenvolvimento profissional da América do Norte".

    Na foto, o secretário do Exército surge com um participante não identificado próximo de uma mesa repleta de objetos, em que um deles é um modelo semelhante à arma hipersônica de longo alcance (LRHW, na sigla em inglês), um míssil que pode atingir Mach 5 construído pela Lockheed Martin.

    O secretário do Exército, Ilm.º Ryan D. McCarthy conversa com um participante não identificado do Fórum Anual da Associação do Exército dos EUA em 2019 em Washington. Sobre a mesa está o modelo de uma arma hipersônica e um panfleto com referência à arma Vintage Racer
    © flickr.com / Sgt. Dana Clarke
    O secretário do Exército, Ilm.º Ryan D. McCarthy conversa com um participante não identificado do Fórum Anual da Associação do Exército dos EUA em 2019 em Washington. Sobre a mesa está o modelo de uma arma hipersônica e um panfleto com referência à arma Vintage Racer

    Segundo a Lockheed Martin, a LRHW foi projetada para ser ultramanobrável e disparada por lançadores móveis, além de ter também como objetivo atingir alvos móveis inimigos.

    Steve Trimble da Aviation Week observou que o panfleto em frente a McCarthy dizia "Visão geral do sistema de armas voadoras (LWS, na sigla em inglês)" e que possuía seis pontos principais: "hipersônico", "sobrevivência", "tempo sobre o alvo", "multipropósito", "carga útil modular" e "estratégia de imposição de custos". Além disso, um slogan surgia dizendo: "Longo alcance, ingresso rápido."

    A arma seria utilizada para atingir alvos móveis com projéteis ultrarrápidos, que podem ser disparados a milhares de quilômetros de distância.

    Panfleto em frente ao secretário do Exército Ryan D. McCarthy, no Fórum da Associação do Exército dos EUA, com referência a arma hipersônica Vintage Racer
    Panfleto em frente ao secretário do Exército Ryan D. McCarthy, no Fórum da Associação do Exército dos EUA, com referência a arma hipersônica Vintage Racer

    "Imagine um projétil hipersônico que coloca (de alguma forma) um sistema aéreo multifuncional vagante sobre uma área alvo", afirmou Trimble em seu Twitter.

    ​Meu Deus, a Vintage Racer foi testada em voo com sucesso e transferida para o Exército para ser desenvolvida. Esta coisa é mesmo real, não apenas um panfleto de informações!

    A arma seria utilizada a uma supervelocidade para ultrapassar os perímetros da defesa antiaérea inimiga e empregaria algum tipo de submunição capaz de buscar seus alvos ou algum tipo de dispositivo de reconhecimento para localizar alvos, bem como retransmitir as informações de pontaria ao local de lançamento.

    Modelo que se acredita ser da arma hipersônica de longo alcance que está sendo desenvolvida pela Lockheed Martin para as Forças Armadas norte-americanas
    Modelo que se acredita ser da arma hipersônica de longo alcance que está sendo desenvolvida pela Lockheed Martin para as Forças Armadas norte-americanas

    Trimble ressalta que a única informação sobre a arma hipersônica é um documento orçamentário de fevereiro de 2020, que apresenta a arma como uma "recente história de sucesso".

    "Vintage Racer fez amadurecer uma capacidade avançada de processar alvos de interesse. O projeto validou com sucesso o design aerodinâmico após passar pelo teste de túnel de vento, integrando um subsistema de orientação para efeitos cinéticos", consta do relatório.

    Mais:

    Força Aérea dos EUA planeja comprar 8 protótipos de mísseis hipersônicos que custam US$ 1,1 bilhão
    Hackers roubam 'dados sensíveis' de empresa ligada ao desenvolvimento de míssil balístico dos EUA
    Produção de mísseis balísticos entre Coreia do Norte e Irã: haveria conluio?
    Tags:
    Exército, EUA, míssil hipersônico, míssil de cruzeiro, míssil balístico, míssil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar